28 de fevereiro de 2020

Maranhão monitora dois casos suspeitos do novo coronavírus

O Governo do Maranhão informou, em nota divulgada nesta sexta-feira (28), que está monitorando dois casos suspeitos de coronavírus no estado. Os pacientes receberam os primeiros atendimentos médicos e já tiveram amostras coletadas para exames no Laboratório Central de Saúde Pública do Maranhão (LACEN-MA). A Secretaria de Estado da Saúde (SES) explica que já está adotando as medidas previstas no Plano de Contingência para o COVID-19 no Maranhão, elaborado em conformidade com o Plano de Contingência Nacional e Gestão de Riscos. Os resultados dos exames saem em até uma semana.

O primeiro caso foi identificado pela Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Vinhais, em São Luís. A paciente, vinda da Itália, apresentou comprometimento respiratório, febre alta, tosse e cansaço progressivo, e está em isolamento na UPA. Por conta da necessidade de internação, a paciente aguarda transferência para o Hospital Dr. Carlos Macieira.

Já o segundo caso foi identificado na UPA do Itaqui-Bacanga, em uma paciente que relatou ter passado por países como China, França e Japão, onde foram identificados diversos casos do coronavírus. A paciente chegou a São Luís há quatro dias e apresenta sintomas como dispneia e tosse seca, mas permanecerá em isolamento na UPA, sem necessidade de internação.

Colocando em ação o protocolo para atendimento aos casos suspeitos, os casos já foram notificados como suspeitos ao Ministério da Saúde; e a equipe de Vigilância Epidemiológica do Município já foi acionada para realizar o levantamento e monitoramento das pessoas que tiveram contato com os casos suspeitos, a fim de orientá-las e acompanhar a manifestação de possíveis sintomas. As equipes do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS) da SES também estão acompanhando de perto os casos.

Ibama detecta mancha de óleo próximo ao navio com minério da Vale encalhado no Maranhão

O Instituto do Meio ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) sobrevoou nesta sexta-feira, 28, a região do navio carregado com minério de ferro que está encalhado no litoral do Maranhão e informou que uma mancha de óleo com raio de 830 metros no entorno da embarcação.
Segundo o Ibama, trata-se de uma "uma mancha fina de óleo" e que, até o momento, não há estimativa sobre o volume. A Vale, que contratou a embarcação, informou que são 3,5 mil toneladas de óleo residual e 140 toneladas de óleo destilado.  A embarcação carrega 294,8 mil toneladas de minério de ferro. 

Prefeitura de Anapurus pagou R$ 465 mil à construtora por obras não executadas, diz CGU

A Prefeitura de Anapurus, administrada por Vanderly Monteles, pagou R$ 465.616,45 mil à construtora Norte Sul Engenharia por obras não executadas em Unidades Básicas de Saúde do município.
A informação consta no relatório de auditoria da Controladoria-Geral da União.
Consta no documento que a construtora foi a vencedora do processo licitatório em novembro de 2018 que previa reformas nas UBS de vários povoados de Anapurus.
No entanto, a maior parte das obras não foram realizadas, mas a Prefeitura pagou pelos serviços.
A Norte Sul fica localizada em Caxias e é comandada por Paulo Rennan Cordeiro de Oliveira.

Com informações do Blog do Neto Ferreira.

Em 1 dia, total de estados com suspeita de coronavírus sobe para 15 mais o DF

O Estado de São Paulo - O Ministério da Saúde informou nesta quinta-feira, 27, que o Brasil monitora 132 casos suspeitos de infecção pelo coronavírus. Até agora, um caso da doença foi confirmado, em São Paulo. A quantidade de suspeitas deve continuar crescendo, segundo a pasta, em razão do aumento da "sensibilidade de vigilância" com a inclusão de 15 países no monitoramento.  Conforme o secretário executivo do ministério, João Gabbardo dos Reis, "dá para avaliar que estamos próximos de 300 casos suspeitos de coronavírus". 
Os casos suspeitos estão em Alagoas, Bahia, Pernambuco e Espírito Santo (um em cada Estado); 2 no Mato Grosso do Sul; 3 em Pernambuco e Goiás; 4 no Rio Grande do Norte; 5 no Ceará, Minas Gerais, Paraná e no Distrito Federal; 8 em Santa Catarina; 9 no Rio de Janeiro; 24 no Rio Grande do Sul e 55 em São Paulo.
Os critérios para definir um caso suspeito de coronavírus, disse o ministério, passaram a enquadrar as pessoas que apresentarem febre e mais um sintoma gripal, como tosse ou falta de ar e tiveram passagem pela Alemanha, Austrália, Emirados Árabes, Filipinas, França, Irã, Itália, Malásia, Japão, Cingapura, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Tailândia, Vietnã e Camboja, além da China, nos últimos 14 dias.

7 de fevereiro de 2020

São Mateus: Atanildo Oliveira é ovacionado durante encontro político

Público lotou o salão do Centro Paróquia Padre Cláudio 

A noite desta quinta-feira, 6, foi marcada por um grande ato político de apoio à pré-candidatura à prefeito do secretário Atanildo à prefeito de São Mateus. 

O ato contou com a participação massiva de pessoas que vieram de diversos bairros e povoados da cidade, era um público bastante seleto, composto por jovens, mulheres, mototaxistas, vanzeiros, servidores públicos, secretários municipais, vereadores, ex-vereadores e vários pré-candidatos a vereadores.


Atanildo chegou ao evento acompanhado de sua esposa Evely e de seus pais  dona Ivanilde e seu Izidório, ambos casados a 61 anos. Durante seu discurso, Atanildo reafirmou o seu compromisso de manter o seu nome como pré-candidato à prefeito, em respeito a todos os que iniciaram o projeto de dá ao prefeito Miltinho uma alternativa de escolha que partiu do próprio grupo e afirmou que seu nome estar a disposição do prefeito Miltinho, momento em que elencou diversos avanços na gestão "Consolidar e Avançar", Atanildo por várias vezes foi interrompido por aplausos e gritos eufóricos do público presente.


Também durante o encontro, Atanildo recebeu apoio de vereadores e secretários, como também da primeira dama do município, Miulete Aragão esposa do prefeito Miltinho.