Moto Legal

15 de setembro de 2017

Sarney fracassa na tentativa de colocar delegado aliado no comando da PF

O ex-senador José Sarney (PMDB) fracassou na tentativa de indicar o novo diretor-geral da Polícia Federal.
O oligarca queria o delegado Fernando Segovia, um ex-aliado que comandou a superintendência da PF no Maranhão, mas perdeu a queda de braço para setores da corporação que defendiam a manutenção do atual diretor, Leandro Daiello, que permanece no cargo a pedido do atual ministro da Justiça, Torquato Jardim.
A permanência de Daiello acontece no momento em que o presidente Michel Temer e outros políticos de peso do PMDB — incluindo Sarney, denunciado no Quadrilhão — são alvos da Lava Jato e de ações da Polícia Federal.
Se esperava boicotar a PF, se blindar de investigações ou alcançar favores políticos ao colocar um cavalo de troia no seio da corporação, como aconteceu na ocasião das operações Faktor e Navalha, Sarney mais uma vez deu com os burros n’água.
E agora, José?!

Nenhum comentário: