Moto Legal

12 de setembro de 2017

Mais fraco do que nunca: Senador Roberto Rocha sem partido e sem liderança no Senado

O Partido Socialista Brasileiro (PSB) acaba de anunciar a senadora Lídice da Mata (PSB/BA) como líder da sigla no Senado Federal, pondo fim ao projeto pessoal do senador Roberto Rocha de mostrar força junto à cúpula nacional. A decisão do partido, já esperada dado o discurso do presidente Carlos Siqueira no Congresso Estadual no Maranhão, mostra a importância que o autointitulado Asa de Avião tem.
A eleição de Lídice ocorreu durante reunião da bancada nesta terça-feira (12), e reuniu outros nomes expressivos, como Antonio Carlos Valadares (PSB/SE) – eleito vice-líder, João Capiberibe (PSB/AP), e Lúcia Vânia (PSB/GO).
Segundo a senadora, a decisão representa a reorganização da bancada socialista no Senado Federal, com base nas posições tomadas pelo Diretório Nacional do partido e pela Executiva Nacional, de oposição ao governo Temer, em defesa das eleições diretas já e contra a supressão dos direitos sociais do nosso povo.
O senador Antonio Carlos Valadares destacou que Lídice da Mata é uma senadora experiente e totalmente alinhada com as posições partidárias e vai dinamizar a atuação da bancada. “Tenho certeza que, sob sua liderança, nosso partido terá uma atuação destacada tanto nas Comissões, como no Plenário do Senado Federal”, afirmou.
Assim, os socialistas, finalmente, retomam os caminhos de luta e mostram que um partido com a história de luta e envergadura do PSB, fundado por Miguel Arraes, merece muito mais do que um senador que se elege “enganchado no pescoço dos outros”.

Nenhum comentário: