Moto Legal

8 de dezembro de 2016

Novo presidente do TCU é maranhense, investigado pela Lava Jato e afilhado de Sarney

O maranhense Raimundo Carreiro é o novo presidente do Tribunal de Contas da União. Ele foi eleito nesta quarta-feira, 7, em votação unânime. Carreiro é investigado na Operação Lava Jato por supostamente ter recebimento de propina.
Carreiro foi citado em depoimento de delação premiada do dono da UTC, Ricardo Pessoa. Uma triangulação montada envolveu o advogado Tiago Cedraz, filho do atual presidente do TCU, Aroldo Cedraz, com desvio de R$ 1 bilhão das obras da usina de Angra 3, no Rio de Janeiro
Afilhado do senador José Sarney, antes de integrar o TCU em 2007, o maranhense ocupou a secretaria-geral da Mesa do Senado por 12 anos. Sua aproximação com Sarney fez com que ele deslocasse o IFMA que estava planejado para ser instalado em Balsas para o município de São Raimundo das Mangabeiros, onde cresceu e foi vereador pelo PMDB. Aos 61 anos de idade, Raimundo Carreiro conseguiu retificar a idade com certidão de batismo obtido na igreja de São Domingo do Azeitão, município onde nasceu.
No discurso após eleito Raimundo Carreiro disse que pretende racionalizar métodos de trabalho para “fazer mais com menos” e prometeu atuar em conjunto com outros órgãos de controle.

Nenhum comentário: