SAÚDE

14 de junho de 2016

Já vai tarde: Dunga é demitido da seleção brasileira após vexame na Copa América

Dunga finalmente foi demitido do comando da seleção brasileira nesta terça-feira (14) após o histórico vexame e eliminação na fase de grupos da Copa América Centenário, nos Estados Unidos. Gilmar Rinaldi, coordenador de seleções, também está fora.

A permanência de Dunga a frente da seleção é motivo de revolta dos torcedores desde quando o mesmo reassumiu a equipe, após a copa de 2014, afinal de uma qualidade que Dunga não possui, é a de técnico, portanto, já vai tarde, (ou nem deveria ter sido técnico).

Em decisão do presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Marco Polo Del Nero, o treinador que estava no comando desde o fim da Copa do Mundo de 2014 teve o contrato rescindido e portanto nem das Olimpíadas do Rio, em agosto participará, talvez, para que não cause outro vexame. O nome mais contato para substituir Dunga é o Tite, do Corinthians, este por sua vez é o preferido da entidade para assumir o posto.

A CBF divulgou agora pouco uma nota, que fala em comum acordo na saída. Porém, tanto Dunga como Rinaldi foram demitidos e deixaram a CBF por decisão do presidente.

"A Confederação Brasileira de Futebol comunica que decidiu, nesta terça-feira, dissolver a comissão técnica da Seleção Brasileira. Deixam os cargos o coordenador de Seleções, Gilmar Rinaldi, o técnico Dunga e toda a sua equipe. A decisão foi tomada em comum acordo durante reunião nesta tarde e, a partir de agora, a CBF inicia o processo de escolha da nova comissão técnica da Seleção Brasileira. A CBF agradece a dedicação, a seriedade e o empenho da equipe durante a realização do trabalho", diz a nota.

Nenhum comentário: