Mais Obras e Asfalto

28 de janeiro de 2016

CBF recua e permite realização da Primeira Liga

Ao que tudo indica, a queda de braço entre a Confederação Brasileira de Futebol e a Primeira Liga chegou ao fim. A entidade máxima da modalidade no País recuou e decidiu autorizar a realização do torneio entre clubes da Região Sul, de Minas Gerais e do Rio de Janeiro neste ano. A retirada do veto da confederação só aconteceu após a rodada inicial da Primeira Liga ter sido bem sucedida, com mais do dobro do público dos Estaduais.

Mas a CBF ainda não reconhece a Primeira Liga como torneio oficial e o classifica como amistoso. A nova resolução da direitoria da entidade, que, diferentemente da primeira, não aparece assinada pelo presidente em exercício Antonio Carlos Nunes, definiu: "Aprovar a realização de jogos amistosos entre os clubes participantes, no ano de 2016, sem prejuízo da observância das leis, regulamentos e estatutos aplicáveis. A CBF, em parceria com as federações e os clubes, será a responsável por adequar a tabela da competição ao calendário do futebol brasileiro e fornecerá o suporte necessário através de seus órgãos técnicos para a devida oficialização da Copa Sul Minas Rio em 2017".

Sem a autorização, a Primeira Liga não poderia utilizar o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) da CBF e até chegou a anunciar, nesta quinta, a criação de um órgão disciplinar próprio. Também os árbitros do quadro da CBF escalados para os jogos do torneio estavam ameaçados de punição pela entidade. As escalas estavam a cargo da Associação Nacional de Árbitros de Futebol. A CBF alega, nesta sua nova resolução, que está interessada em "harmonizar o futebol brasileiro".

Nenhum comentário: