Moto Legal

9 de dezembro de 2015

Caso Valmir: Polícia do Piauí prende suspeita de participação na morte do empresário em São Mateus

Idifusora - A Polícia Civil do Piauí prendeu uma das suspeitas de participação na morte de um empresário na cidade de São Mateus, em 28 de abril de 2013. Kallita Sidrônia Bezerra da Silva, 30 anos, que está grávida de 7 meses, foi capturada na casa de familiares no bairro Lourival Parente, Zona Sul de Teresina.

A piauiense e mais quatro são suspeitos do crime de latrocínio contra o empresário Almir Queiroz Filho, 43 anos, morto a tiros em frente a um restaurante às margens da BR-135, na cidade maranhense de São Matheus. Da vítima teriam sido levados um cordão de ouro e cerca de R$ 200.

A equipe do 3° DP, juntamente com o 10° DP e policiais da Força Tática do 1º BPM, passou o dia de ontem (07) monitorando a suspeita e à noite, conseguimos efetuar a prisão dela em cumprimento ao mandato de prisão preventiva da Justiça do Maranhão. Ele é considerada perigosa e tem envolvimento com criminosos. No crime contra o empresário, as investigações da polícia do Maranhão apontam que ela seria uma das pessoas que atiraram contra a vítima, assassinada com oito tiros.

Além da suspeita de participação no latrocínio, a suspeita deve ser investigada também pelo crime de falsidade ideológica. No momento da prisão, além do suposto documento oficial de identificação foi apreendida uma outra carteira de identidade com a foto da suspeita e o nome de Anita Sousa Santos. A data de expedição dos RGs tem diferença de apenas uma semana e tem data anterior ao latrocínio.

Kallita Sidrônia foi encaminhada à Central de Flagrantes de Teresina e deve ser recambiada ao Maranhão ainda nesta semana.

Nenhum comentário: