SAÚDE

17 de outubro de 2015

12ª Romaria da Terra e das Águas do Maranhão: “Territórios Livres para o Bem Viver dos Povos”

A 12º Romaria da Terra e das Águas do Maranhão acontecerá no município de Chapadinha, no Maranhão, com início neste sábado (17) e segue até a manhã de domingo (18). O tema desta Romaria é “Territórios Livres para o Bem Viver dos Povos”. E o lema: Tire as Sandálias por que este chão é sagrado. (Ex 3,5).

Iniciada em 1986, essa Romaria acontece a cada dois anos no estado. Devem participar do evento este ano romeiros e romeiras de 12 dioceses da região. A expectativa é que 10 mil pessoas acompanhem cada passo da Romaria.

Com início previsto às 15 horas deste sábado, a Romaria segue com vários momentos celebrativos preparados por comunidades tradicionais, apresentações culturais, e paradas ao longo da caminhada. Na noite de sábado, por exemplo, terá a Celebração Quilombola. E no início da madrugada de domingo ocorrerá a Celebração dos Mártires da caminhada e depois a indígena. (Veja a programação abaixo)

A Romaria é organizada pela Igreja Católica, Conselho Indigenista Missionário (Cimi), Comissão Pastoral da Terra (CPT), Cáritas, Pastoral da Criança, Comunidades Eclesiais de Base (Cebs), e Diocese de Brejo – Paróquia de Chapadinha, que recebe este evento.

Histórico

Mobilizada, coordenada e realizada pela Igreja Católica do Maranhão, a Romaria da Terra e das Águas aconteceu pela primeira vez em 1986, no município de Vargem Grande, Maranhão, Diocese de Coroatá.

Há quase 30 anos, portanto, a Romaria configura-se como um momento profético de denunciar o latifúndio, as cercas de fome e morte, a violência contra famílias de trabalhadores rurais e povos tradicionais e as desigualdades sociais. Mas é também um momento de anúncio, esperança e certeza de que o Reino de Deus pleno de vida e fartura começa aqui e agora, em nosso chão sagrado, a partir das experiências de vida e resistências de nosso povo.

Confira o vídeo da Oração da 12ª Romaria da Terra e das Águas do Maranhão:

Motivação

A XIIª Romaria Estadual da Terra e das Águas pretende um retorno às origens, ao propor o debate sobre a valorização dos povos e comunidades tradicionais, da defesa de seus territórios e seus modos de vida.

O "desenvolvimento" instalado no estado prioriza o modelo de enclaves, pautado por megaprojetos, principalmente o agro e hidro negócios (monoculturas, pecuária, hidrelétricas etc.) e a mineração, privilegiando a exportação de commodities. O preço deste modelo excludente é pago por indígenas, quilombolas, ribeirinhas, quebradeiras de coco, pequenos agricultores e pescadores, entre outros, que são sistematicamente expulsos de seus territórios e têm seus direitos violados. Grande parte destas populações expropriadas do campo acaba inchando a periferia dos centros urbanos, em precárias condições de vida.

Neste contexto, com a absoluta ausência de politicas públicas e a consequente negação de direitos humanos, cria-se um ambiente favorável ao aumento dos índices de violência e criminalidade, alcoolismo, prostituição e ao extermínio de nossa juventude.

É preciso assumir as causas dos povos e comunidades tradicionais, denunciando tudo o que ameaça suas vidas e dignidades, ao mesmo tempo em que se resgatam, valorizam e incorporam os princípios e valores que regem seus modos de vida e consequentemente sua relação com a natureza e com o mundo espiritual.

O lema da XIIª Romaria é um chamado para apoiarmos as organizações de povos e comunidades tradicionais em processo de lutas pela defesa e conquista de territórios livres e, junto deles, denunciarmos os impactos ambientais, sociais, culturais e econômicos de projetos que vão na contramão disso.

O Maranhão é nosso chão, lugar de nossas identidades, pertencimentos e ancestralidades. Como tal, é o lugar de construção do anunciado bem viver, que se traduz em vida plena, participação, vivência da paz como fruto da justiça e respeito à pluralidade étnico-cultural e religiosa.

"Tire as sandálias: o lugar aonde estás é chão sagrado" (Êx.3)

Junte-se a seus irmãos e irmãs nesta caminhada e participe conosco da XIIª Romaria Estadual da Terra e das Águas!

Programação

Dia 17 de outubro de 2015
15h00 - Acolhida das Dioceses e caravanas
20h00 - Chamada das Dioceses e Celebração de Abertura
21h00 - Apresentação de: Brejo, Bacabal, Balsas, FETAEMA e SMDH
23h00 - Celebração Quilombolas

Dia 18 de outubro de 2015
00h00 - Apresentação de: Caxias, Coroatá, Carolina, MST e Movimentos Urbanos
01h00 - Celebração dos Mártires da caminhada
02h00 - Apresentação de: Grajaú, Imperatriz, São Luís, Catadores e quebradeiras de coco; 03h00 - Celebração Indígenas
04h00 - Apresentação de: Viana, Pinheiro, Zé Doca, Mulheres e MONAPE
05h00 - Celebração da Eucaristia
06h00 - Caminhada até a praça central
- 1ª parada no Sindicato dos Trabalhadores
- 2ª na Igreja Matriz.
09h00 – Celebração Final de Envio
10h00 – Retorno dos Romeiros (as)

Nenhum comentário: