Obras Mais Asfalto

5 de abril de 2015

Criminosos trocam tiros com a PRF e PM após resgate de presos em Pedrinhas

Um PRF ficou levemente ferido no pé. As primeiras informações dão conta que eles teriam resgatado três presos. A SEJAP ainda não emitiu nota confirmando.

Por volta das 4h10min deste domingo (5), bandidos fortemente armados iniciaram uma ação cinematográfica no complexo penitenciário de Pedrinhas em São Luís. Eles buscavam resgatar presos do local e contaram com uma GM/S10 e um FIAT/ Palio para realizar a ação. Um dos veículos transportava uma escada, utilizada para escalar o muro dos fundos do presídio. Depois de efetuarem uma intensa descarga de disparos de fuzil e outros armamamentos contra as guaritas de vigilância, eles teriam conseguido resgatar três presos, que seriam de uma facção criminosa - outras informações dão conta que foram quatro presos resgatados. O que até o fechamento desta edição não havia sido confirmado pela Secretaria de Estado da Administração Penitenciária. 

FUGA E DISPAROS CONTRA PRFs 
Ao deixarem o presídio os criminosos dispararam tiros de fuzil contra dois PRFs que se encontravam entre o posto de fiscalização e a pista de rolamento. Um dos disparos atingiu a parede do posto e resvalou atingindo o pé de um dos policiais, que não se feriu gravemente graças à proteção da bota. Um outro PRF, que se encontrava do outro lado da pista, também foi alvo das balas. Ele não se intimidou, trocou tiros com os bandidos e, provavelmente, conseguiu atingir um dos pneus da S10, que foi abandonada no Campo de Peris. As marcas dos disparos ficaram nas paredes do posto da PRF, no hotel de trânsito do SINPRF e em uma viatura, que estava parada no posto. Em seguida os PRFs saíram em perseguição aos veículos. No caminho encontraram a S10 abandonada. Em Bacabeira os bandidos ainda tomaram de assalto uma L200. E em seguida a abandonam, juntamente com o Palio no município de Morros, na região do Baixo Munim, e tomaram rumo ignorado. Várias viaturas da PRF, PM e PC estão realizando buscas na tentativa de localizar e prender os criminosos. 

FONTE: NÚCLEO DE COMUNICACÃO SOCIAL DA PRF

Nenhum comentário: