Moto Legal

26 de novembro de 2014

Escritor Nelin Vieira lança livro de contos em São Mateus

Jornalista e escritor Nelin Vieira lança livro em São Mateus
O Jornalista e escritor são-mateuense Nelin Vieira lança seu livro de estreia em São Mateus no próximo sábado. O livro, intitulado O Centésimo emprego de Seu Lelé Bristol & outras histórias, impresso em 2010, foi, naquele ano, apresentado ao público no Rio de Janeiro durante o Encontro Nacional de Bancários e Securitários, no Hotel Copacabana Palace, e, em seguida, exposto na IV Feira do Livro de São Luís, capital do estado, em uma concorrida noite de autógrafos. O livro foi posto a venda nas principais bancas e livrarias de São Luís e em importantes cidades do estado e do Brasil. 

Reunião de quinze contos escritos nos últimos dez anos, o livro é um conjunto de reminiscências da juventude do autor passada em São Mateus, cidade onde ele nasceu e viveu até se tornar adulto. A publicação foi co-patrocinada pela Federação Nacional dos Securitários – FENESPIC e Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Empresas de Crédito – CONTEC e tem apresentação de Derivaldo Bastos, diretor da União Geral dos Trabalhadores–UGT e prefácio do ex-ministro Lourenço Prado, do Tribunal Superior do Trabalho–TST. 

Partindo da retratação da vida e de experiências de pessoas reais de São Mateus, Nelin Vieira vai fazendo nas páginas de seu livro a crônica de sua geração. As histórias estão permeadas de referências à vida da cidade, suas personagens mais significativas, seus eventos históricos, suas efemérides e suas instituições. Assim, os causos, as ‘estórias’, as lendas e os mitos, ou seja, a essência de São Mateus em suas cinco décadas de existência, está resumida no livro pela memória emocional e a imaginação do escritor.

A obra de Nelin Vieira é um meio caminho entre o real e a ficção. Divertidamente, ele se utiliza de personagens reais para inventar e reinventar histórias que só ele e os retratados poderão estabelecer a margem do real para o imaginário. E muitas vezes o próprio real já é do terreno do extraordinário, como é o caso de um dos personagens principais do volume, o mecânico João de Deus da Silva, que se apresenta como “criador de nomes e o inventor de máquinas”. 

Das supostas invenções de João de Deus o autor não trata, mas produziu quase vinte páginas para mostrar seu maior talento. E Nelin dá início à sua homenagem ao conterrâneo que (se) tornou ilustre a partir do título da história: “Hidramix, o criador de nomes” (pág. 103). Hidramix, isto mesmo, é o primeiro dos seis nomes que João de Deus criou para si próprio, e quer ver anotado “judicialmente” em sua certidão de nascimento. Do próprio nome, João de Deus/Hidramix vem criando e recriando os de todos que estejam ao seu alcance — os filhos, os vizinhos e os empregados.

Com personagens de carne e osso como este a sua volta, não foi difícil para Nelin Vieira criar outros, como Lelé Bristol, o personagem título, homem que teve uma centena de empregos, ou o vaqueiro Zé de Lia, que “descobriu” petróleo em suas terras em São Mateus. O livro, com tiragem de dois mil exemplares, foi editado pela Editora Tamburi, do próprio autor, que publica o jornal O TAMBURI (que circulou regularmente em São Mateus, mas, por falta de apoio, atualmente tem apenas edições especiais e esporádicas). O lançamento são-mateuense se dará neste sábado, 29, no JatoBar Eventos, localizado na Rua Benú Lago S/Nº, à partir das 21 horas.

Para o planejamento e coordenação editorial o autor chamou o jornalista Luís Mello Neves, que trabalhou com os seguintes profissionais: Maria Helena Passos Porto (revisão), José de Ribamar Silva (editoração eletrônica), Honório Moreira (fotos da capa), Carlos Sales (arte da capa e peças de propaganda) e Caju, chargista do Jornal Pequeno. Caju, também nascido em São Mateus, assina as ilustrações do livro.

O AUTOR – Nelin Vieira, formado em Comunicação Social pela UniCEUMA e pós-graduado em Jornalismo Cultural pela UFMA, tem colaborado com os principais jornais e revistas do Maranhão. Foi juiz do Tribunal Regional do Trabalho, representante dos trabalhadores, é ex-presidente e tesoureiro do Sindicato dos Securitários do Estado do Maranhão, membro da Federação Nacional dos Securitários–FENESPIC, da Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Empresas de Crédito–CONTEC e da União Geral dos Trabalhadores–UGT e Conselheiro do Instituto Nacional de Seguridade Social – INSS.

Um comentário:

Luís Mello disse...

Eu estarei lá... Aliás, tenho vários motivos para estar em São Mateus neste sábado. Além de atender o pedido (que é lei) do meu dileto amigo Nelin Vieira, de estar com ele para ajudá-lo neste que é o mais importante evento na carreira deste livro já famoso, que é o seu lançamento na terra natal do autor, ainda vou rever meus amigos de fé, como Beto Som, Douglas, Vicentinho, Cleyton, Aurino, Silas, Ciro, Antonio Neto, Juvenil, Caju, Arnoldo... as queridas Andrearruth e Vicentina... além de outros e outras da terra boa que possam aparecer... E ainda vou me encontrar com os ilustres amigos Ocione Soares, de Joselândia, Simeão Pereira, de Timon, Dr. Carneiro, de São Luís, que viajarão para São Mateus para prestigiar a festa do Seu Lelé Bristol, quero dizer do Nelin Vieira... Ou como gosta de dizer o poeta Celso Borges: "Salve Nelin!"