Obras Mais Asfalto

15 de novembro de 2014

Deputada Eliziane visita projeto Salangô em São Mateus

Deputada Eliziane Gama, Clovis Bernadis (Sec. de Agricultura de São Mateus) e o prefeito Miltinho Aragão
A deputada estadual Eliziane Gama (PPS), eleita em outubro a deputada federal mais votada do Maranhão esteve em São Mateus nesta sexta-feira, para visitar e conhecer o projeto de irrigação Salangô, instalado a 16 km da sede do município às margens do Rio Mearim. A deputada e sua comitiva foi recepcionada pelo Prefeito Miltinho, por alguns secretários e assessores da administração municipal, além de vereadores da cidade.
"Hoje visitamos através da comissão de meio ambiente o Salango, um projeto de irrigação proposto pra mudar a economia da região do Mearim, mas que se perdeu no tempo em meio a um mundo de corrupção. É possível resgatá-lo e fazer deste projeto um modelo agrícola pra mudar o Maranhão", disse a Deputada durante a visita.
A deputada ainda pode constatar o desperdício de material abandonado pelo Governo do Estado.
O prefeito Miltinho Aragão (PSB) disse que agora conta com mais um ombro amigo para travar uma discussão na esfera federal, e que graças ao empenho do Deputado Federal Carlos Brandão (PSDB) ao inserir o Maranhão na abrangência da CODEVASF, com o apoio da deputada Eliziane, o sonho de revitalizar este importante projeto está cada vez mais perto.
"A vinda da deputada Eliziane aqui na área onde estar instalado o projeto, é fundamental para que ela tenha ciência do potencial que temos, e o tamanho do prejuízo social e econômico que ao longo dos anos o Maranhão vem tendo com o abandono do Salangô", destacou o prefeito.

O projeto de irrigação Salangô
O Projeto Salangô foi iniciado em 1993, no primeiro mandato de Roseana Sarney, com um volume significativo de recursos da União e contrapartida do governo do Estado, com o objetivo de produzir arroz irrigado, frutas e hortaliças. Tem uma área total de 3.200 hectares, com 2.443 hectares beneficiados e considerados aptos para a ocupação econômica. O empreendimento foi concebido para operar com vários sistemas de irrigação, divido em setores, e beneficiar cerca de 400 famílias de agricultores familiares distribuídas em várias associações.
Planejado para ser o maior projeto de irrigação do Estado do Maranhão, o Salangô ainda no início de sua construção, foi tomado pela corrupção. Dados colhidos pelo Tribunal de Contas da União (TCU), Ministério Público e pela Corregedoria Geral do Estado mostram que o rombo chegou à estrondosa quantia de quase 70 milhões de reais, valor liberado para o projeto.

Revitalização
No mês de abril de 2013, a prefeitura realizou um seminário para tratar sobre a revitalização do referido projeto, puxando pra si, a responsabilidade para atrair o interesse do Estado e da União à rediscutir o projeto, na oportunidade participaram representantes dos governos estadual e federal, além de deputados e prefeitos da região. De lá pra cá o prefeito Miltinho vem insistentemente dialogando com autoridades, no sentido de empenhar recursos para que o projeto de fato seja revitalizado.

Nenhum comentário: