23 de outubro de 2014

Em visita ao Amapá: “Conseguimos derrotar Sarney no MA é possível derrotar no Amapá” afirma Flávio Dino

Governador Eleito do Maranhão Flávio Dino ao lado do candidato ao governo no 2º turno do Amapá Camilo Capiberibe.
Blog do John Cutrim - “Vim dizer que se conseguimos derrotar Sarney no Maranhão é possível derrotar seus aliados aqui no Amapá e livrar de vez este Estado das mãos que atrasaram essas duas unidades da federação”, declarou o governador eleito do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), que participou na noite desta quarta-feira, 22, no Amapá, do comício do governador e candidato à reeleição Camilo Capiberibe (PSB).
Apesar das pesquisas do Ibope afirmarem que teria segundo turno, Flávio Dino foi eleito no primeiro turno com 63% dos votos. “Esse instituto nunca acertou uma pesquisa no Maranhão. Lá dizia que tínhamos somente 48% das intenções de voto. Por isso, eu digo: votem com consciência, votem em quem trabalha e no final sairemos vencedores”, completou Dino.
Clécio Luís falou também que se ele dependesse da pesquisa do Ibope não seria hoje prefeito de Macapá. “Eu não tenho dúvidas de que já viramos, mas sei também que não será fácil. Por isso militância, vamos às ruas”, pediu o prefeito.
No último comício da campanha, Camilo Capiberibe reuniu as principais lideranças políticas do Estado em seu palanque como deputados estaduais, federais, os três senadores do Estado e afirmou. “Eu não tenho vergonha de mostrar meus aliados”.
“Aqui estão os homens e mulheres de bem que trabalham por um Amapá melhor. Até no último dia permitido pela Justiça Eleitoral vamos estar nas ruas pedindo voto, mostrando para cada cidadão deste Amapá a diferença entre nosso governo e o governo que arrasou o nosso Estado, estamos mostrando nossas obras, e o quanto esse Amapá avançou nos últimos três anos de gestão”, declarou Camilo.
“A vitória não será fácil, mas do nosso lado está à verdade e o povo do Amapá, neste domingo, vai dizer não à corrupção. Mas, até lá, não podemos descansar. Vamos conversar com os amigos, parentes, vizinhos e mostrar porque nosso governo tem ações concretas e o que eles prometem nós já estamos fazendo”, concluiu.
O adversário de Camilo Capiberibe é Waldez Góes (PDT), apoiado pelo senador José Sarney (PMDB). Waldez é um dos principais aliados do peemedebista José Sarney no Amapá. Em 2010, junto com outros dezessete políticos locais, o candidato do PDT foi preso pela Polícia Federal na Operação Mãos Limpas. Eles eram acusados de integrar uma quadrilha de desvio de dinheiro público do Amapá e da União. Quando foi preso, Góes exercia seu segundo mandato como governador do estado.

Nenhum comentário: