Obras Mais Asfalto

2 de maio de 2014

Mais de 300 mulheres tem acesso a aula de ginastica aeróbica gratuitamente em São Mateus


A população feminina sao-mateuense passa a contar com aulas de ginástica aeróbica gratuitas, graças a um projeto desenvolvido pela Secretaria da Mulher da Prefeitura de São Mateus.

A atividade é apoiada por outras secretarias do governo municipal e já na aula inaugural centenas de mulheres lotaram a quadra do Ginásio José Ovídio na Rua Nossa Senhora de Fática, o prefeito Miltinho Aragão (PSB) compareceu para dar as boas vindas as ginastas: "É muito emocionante ver aqui mulheres de todas as idades empolgadas e dispostas a darem o melhor de si neste projeto; e a prefeitura irá sempre apoiar iniciativas como estas que melhoram a vida da nossa gente" disse.

Prefeito Miltinho (PSB) prestigia aula inaugural de ginástica aeróbica

As aulas acontecem de segunda a sexta-feira e devido a grande procura por novas vagas, as aulas foram divididas em duas turmas, a primeira partir das 17h e a segunda turma a partir das 19h, cada aula tem uma duração de uma hora de atividade. A ginástica aeróbica trabalha todos os músculos do corpo humano e além dos benefícios físicos também proporciona vantagens psicológicas, a atividade é composta por movimentos suaves e pesados, rápidos e lentos para que as praticantes possam esquentar os músculos aos poucos até alcançar  o seu ápice. Desse modo, todos os músculos são trabalhados adequadamente a fim de proporcionar um desenvolvimento fisiológico, motor, sócio-afetivo e psicológico.
Segundo a secretária municipal da mulher Sra. Millete Aragão, cada mulher inscrita passou por uma avaliação médica por profissionais da secretaria de saúde, porém devido ao sucesso do projeto e procura por vagas, já esta sendo estudada a possibilidade de serem criadas novas turmas.
“Dentre os vários benefícios adquiridos, os participantes vão diminuir o colesterol, a obesidade, melhorar os batimentos cardíacos e poderão usufruir de uma melhor qualidade de vida. Atividade aeróbica é uma das atividades mais completas para o corpo humano”, destacou a secretária Millete.
Quanto a possibilidade de inserir novas mulheres no projeto a secretária falou que está sendo elaborado um planejamento para que as aulas possam futuramente ser ministradas nos bairros e desta forma atingir um público maior de participantes.

Nenhum comentário: