Moto Legal

26 de maio de 2014

Humberto Coutinho anuncia candidatura a deputado


O ex-deputado Humberto Coutinho anunciou hoje que deve disputar por uma cadeira na Assembleia Legislativa do Maranhão. Em evento para comemorar o sucesso do Diálogos com Juventude, ele se emociona ao relembrar do tratamento contra um câncer diagnosticado no ano passado, agradecendo pelo apoio que recebeu de diversas lideranças políticas da oposição, dentre as quais o pré-candidato a governador Flávio Dino (PCdoB). Coutinho também criticou o grupo Sarney por causa das perseguições ao sobrinho-prefeito, Léo Coutinho, do PSB. “A força da minha recuperação é a vontade de derrotar essa oligarquia. Caxias sofre por que o governo Roseana não repassa um tostão para esse município”, disse. Em depoimento, Dino comemorou a recuperação do amigo. “Um indivíduo que trabalha para o império de mídia da oligarquia teve o mau-caratismo de escrever que Flávio Dino está fraco porque Humberto Coutinho não está na campanha. E eu esperava por este momento, entre outras razões, para dizer que Humberto agora está na pré-campanha e nós estamos mais fortes”, finalizou o comunista. O ex-deputado Humberto Coutinho anunciou hoje que deve disputar novamente por vaga na Assembleia Legislativa do Maranhão. Em evento para comemorar o sucesso do Diálogos com Juventude em Caxias e Coroatá, ele se emocionou ao relembrar da luta contra o câncer diagnosticado no ano passado, agradecendo pelo apoio que recebeu de diversas lideranças políticas da oposição do estado, dentre as quais o pré-candidato a governador Flávio Dino (PCdoB). Recuperado, Coutinho aproveitou o ato para criticar o grupo Sarney por causa das perseguições ao sobrinho-prefeito, Léo Coutinho, do PSB. “A força da minha recuperação é a vontade de derrotar essa oligarquia. Caxias sofre porque o governo Roseana Sarney não repassa um tostão para esse município”, disse. Em depoimento, o ex-presidente da Embratur também se emocionou, e comemorou a recuperação do amigo. “Um indivíduo que trabalha para o império de mídia da oligarquia teve o mau-caratismo de escrever que eu estou fraco porque Humberto Coutinho não está na campanha. Esperava por este momento, entre outras razões, para dizer a ele que Humberto agora está na pré-campanha e nós estamos mais fortes do que nunca”, finalizou o comunista.

Do blog MARRAPÁ

Nenhum comentário: