11 de novembro de 2013

Secretaria de Segurança é a responsável pelo caos que se instalou no Estado afirma entidades policiais

Lideranças sindicais de diferentes entidades policiais se reuniram na manhã de hoje (11) para uma entrevista coletiva a imprensa, na pauta, a onda de violência e a inércia da cúpula da segurança pública no Estado.

Lideranças sindicais das entidades policiais durante coletiva de imprensa / Foto: Sgt. Ebnilson

Todos os líderes presentes falaram de forma unânime, a cúpula da Segurança Pública é a principal responsável pelo caos instalado, tendo apenas no último final de semana em São Luis vitimado o policial militar Francinaldo Pereira executado em serviço com vários tiros dentro do trailer da PM na área Itaqui Bacanga, na Camboa outro PM que estava de serviço em um trailer também foi alvejado ao reagir um ataque de criminosos, este foi socorrido e está internado. Para as entidades policiais somente este ano, já chega a 14 o número de policiais mortos no Estado do Maranhão.
Com discursos inflamados sobre o caos da Segurança Pública no Estado, as entidades foram bastante categóricas em pedir a exoneração do Secretário de Segurança Aluísio Mendes e do Comandante Geral da PM o Coronel Franklin Pacheco, que segundo a categoria perdeu o controle dos comandados, além de cobrar posicionamento da Governado Roseana Sarney que até agora não se manifestou diante do caos. Para o Sargento Jean Marry da Associação dos Bombeiros da capital, a entidade alertou por meio de um documento aos órgãos de segurança do Estado a possibilidade real de um ataque aos policiais militares, para ele a cúpula da segurança pública não levou a sério o alerta, resultado, o ataque aconteceu.
O clima de revolta é notório entre os militares que pedem a exoneração de toda a cúpula da segurança pública que segundo eles, são os principais responsáveis pelo caos e por colocar em risco os militares e consequentemente toda a população.
Para o presidente da Associação dos Magistrados do Maranhão - AMMA o Juiz Gervásio Protásio a situação da segurança pública está alcançando níveis dramáticos e precisa ser enfrentada com urgência. "A violência não é virtual (como chegou a ser declarado certa vez pelo Secretário), só propaganda não resolve, culpar o Judiciário também não”, disse Gervásio.
Logo mais as 18h uma grande assembléia será realizada na capital que poderão deflagrar greve geral.
Acompanhe o Blog SÃO MATEUS EM OFF também pelo Portal 180graus, pela Central de Notícias, pelo Portal Tribuna do Maranhão e pelo Facebook.

Nenhum comentário: