14 de outubro de 2013

Sampaio arranca empate e classificação rumo a série B do brasileirão.

Por Gil Porto
Jogadores do Fortaleza se desesperam ao serem desclassificados pelo Sampaio Correia. Foto: Jornal O Povo.

Histórico, grandioso e dramático. Com essas três palavras podemos resumir a classificação do Sampaio Corrêa para a segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série C. Após levar dois gols do Fortaleza no primeiro tempo, o Tubarão reagiu e arrancou o empate de 2 a 2 com um gol de Paulo Sérgio aos 47 minutos da etapa final. Com o resultado, a equipe maranhense terminou na quarta posição do Grupo A, com 33 pontos e agora vai enfrentar o Macaé-RJ em dois jogos nas quartas de final. O time do Rio avançou na primeira posição do Grupo B, por isso, terá a vantagem de fazer o jogo de volta em casa.

Na próxima etapa, quem avançar já conquista o acesso para a Série B do Brasileiro. O primeiro duelo entre os dois será no próximo fim de semana em São Luís. A partida de volta será no Rio de Janeiro. Por causa das emissoras de TV, a CBF só vai definir hoje (14) as datas das partidas.

Acompanhe o Blog SÃO MATEUS EM OFF também pelo Portal 180graus, pela Central de Notícias, pelo Portal Tribuna do Maranhão e pelo Facebook.

O jogo - Quem precisava vencer para se classificar era o Fortaleza. Então, o time da casa começou a partida pressionando. E logo no início, a equipe acabou premiada. Na primeira jogada, Robert tentou driblar Mimica, acabou encostando no zagueiro e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Waldison abriu o marcador, aos 4 minutos.
 (O Povo)

Com o apoio de mais de 40 mil torcedores, o Tricolor do Pici continuou pressionando e novamente chegou a outro gol de bola parada e duvidoso, como foi o primeiro. Guaru cobrou falta e o assistente número 2 foi quem confirmou o gol. Na mesma jogada foram duas polêmicas: a bola entrou ou não e houve falta ou não no goleiro Rodrigo Ramos? Na dúvida, a arbitragem preferiu dá o gol.

Na etapa final, o domínio mudou de lado. Como alguns resultados estavam beneficiando e outros não, o Sampaio preferiu fazer a sua parte. O time foi todo pra frente e criou algumas chances, mas pecava nas finalizações.

O time maranhense não desistiu e seguiu pressionando. De tanto insistir, conseguiu diminuir. Após a bola sobrar na grande área, Arlindo Maracanã chutou forte para aumentar a esperança da equipe, aos 32 minutos.

Depois desse gol, o ritmo aumentou ainda mais e o time da casa continuou se segurando lá atrás. E na base da raça, Tote, chutou forte para a grande área e o zagueiro Paulo Sérgio meteu a cabeça para desviar para o fundo da rede, aos 47 minutos. Em seguida, foi só comemorar a classificação e deixar o time a dois jogos da Série B.

Nenhum comentário: