22 de outubro de 2013

Assaltante que introduziu R$ 1.500 no feofó foge do hospital Socorrão II em São Luis

O detento da Casa de Detenção (Cadet), Anderson Cardoso, que ficou conhecido por ter introduzido R$ 1.500 em dinheiro no ânus após participar de um assalto a uma casa lotérica, no município de Pinheiro, no mês passado, fugiu do Hospital Clementino Moura (Socorrão II), nesta terça-feira (22/10).
Anderson estava internado no hospital desde o último dia 9, quando foi ferido durante a rebelião que resultou na morte de nove presos e deixou mais 20 feridos.
Para fugir do hospital, o detento teve as algemas que eram presas à cama, serradas. De acordo com a polícia, a ação pode ter sido praticada por por pessoas próximas ao detento. 
Acompanhe o Blog SÃO MATEUS EM OFF também pelo Portal 180graus, pela Central de Notícias, pelo Portal Tribuna do Maranhão e pelo Facebook.
Dinheiro no feofó - No mês passado Anderson Cardoso e mais duas pessoas assaltaram uma casa lotérica no município de Guimarães na região da baixada, levando R$ 29 mil do estabelecimento comercial. Ao ser baleado, o bandido foi levado para um hospital, onde foi internado e recebeu atendimento médico. No hospital, Anderson passou mal e teria se contorcido bastante. A enfermeira, assustada, chamou um médico, que identificou o problema. O homem havia introduzido R$ 1.500 em dinheiro no ânus.
Além de Anderson Cardoso, outro detento da Cadet e que também estava internado no Socorrão II, após a rebelião do dia 9 de outubro, fugiu ainda na segunda-feira (21/10). O detento foi identificado como Wilson Gonçalves.

Com informações de O Imparcial - editado

Nenhum comentário: