Moto Legal

18 de setembro de 2013

O crime compensa! Voto do ministro Celso de Mello favorece mensaleiros.


Nunca antes na história de sua existência centenária o Supremo Tribunal Federal foi tão desacreditado pelo cidadão como hoje. No julgamento do mensalão, o tribunal fez o que todos imaginavam que jamais seria feito no Brasil, ser a favor de uma quadrilha que cometeu um dos maiores crimes da história política de nossa nação.
Depois de parecer que iria corrigir a cegueira, regular a balança e afiar a espada, o STF decidiu desafiar a sorte e acima de tudo o POVO. Por seis votos a favor e cinco contrários, a votação que poderia representar o casamento do Supremo com a glória ou sua reconciliação com o descrédito, resolveu trilhar pelo descrédito, ao decidir reabrir o julgamento. Foi o mesmo que dizer para os condenados petistas, é companheiros, no Brasil o crime compensa!
Imagem retirada da internet.

Com novos julgamentos para os crimes de formação de quadrilha e lavagem de dinheiro, alguns condenados poderão ser absolvidos e, assim, escapar do regime fechado de prisão. Outro aspecto que deve ser refletido, é que com a reabertura do julgamento, o relator não será mais o ministro Joaquim Barbosa, um outro relator será eleito pela corte.
O dia 18 de setembro de 2013 ficará marcado para sempre na história de nosso país, sendo o dia nacional da vergonha, o dia em que o STF desafiou a soberania popular, o dia em que a partir da decisão de um único ministro chamado Celso de Mello, o crime praticado por político ligado ao PT, compensa!

Acompanhe o Blog SÃO MATEUS EM OFF também pelo Portal 180graus, pela Central de Nocíticas, pelo Portal Tribuna do Maranhão e pelo Facebook.

Nenhum comentário: