Moto Legal

10 de setembro de 2013

No Maranhão da insegurança: bandidos espancam policiais e fogem na viatura da PM.

O retrato da gestão de Aluísio Mendes à frente da Secretaria de Estado de Segurança Pública, os índices da insegurança no Maranhão só cresce, dando demonstrações claras de que o secretário perdeu o controle de sua gestão, como consequência o Governo do Estado perdeu o controle da governabilidade como um topo.

G1 Maranhão

Cerca de sete homens promoveram cenas de terror na cidade de Feira Nova do Maranhão, na região Sul do Estado, por volta das 11h30 desta terça-feira (10). Eles renderam e espancaram policiais em via pública, assaltaram a agência bancária do Bradesco, o Banco Postal dos Correios e alguns estabelecimentos da cidade. O grupo chegou no município em uma caminhonete e fugiu na viatura da Polícia Militar.
Os policiais foram sequestrados e abandonados em uma fazenda, a cerca de 25 km da sede da cidade, de acordo com informações da polícia de Balsas. Parte do bando seguiu no carro da PM, no sentido do município de Estreito, e outros fugiram em duas motos.

P.S.: Se os criminosos no Maranhão não teme mais nem a própria polícia, dirá os cidadão no municípios no interior do Estado. Mas é sabido por todos que as polícias Civil e Militar no interior do Estado, faz das tripas o coração, são verdadeiros combatentes, usam viaturas sucateadas, as delegacias sem as mínimas estruturas para a guarda de presos, sem contar que muitos lugares não possuem nem delegados. Ou seja, esta é a "in"segurança que o Governo do Estado que possui uma governadora com 4 (quatro mandatos e ainda quer a todo custo eleger seu sucessor) oferece aos cidadãos maranhenses.
Muitas das vezes esse mesmo Estado recorre as prefeituras para que a alimentação e hospedagem dos policiais e até a gasolina das viaturas sejam garantidas afim de não tornar ainda mais grave o problema.

Acompanhe o Blog SÃO MATEUS EM OFF também pelo Portal 180graus, pela Central de Nocíticas, pelo Portal Tribuna do Maranhão e pelo Facebook.

Nenhum comentário: