Moto Legal

28 de abril de 2013

Planalto já começa a externar o medo que tem de uma eventual candidatura a presidência de Eduardo Campos (PSB).


Habituado a encarar com relativa tranquilidade um confronto com Aécio Neves em 2014, o Planalto já começa a dar sinais de desconforto diante do crescimento de Eduardo Campos junto a várias fileiras não tucanas da oposição. 
Considera-se que, caso resolva disputar a Presidência, o governador de Pernambuco pode se transformar num adversário muito mais perigoso do que Aécio. Pode falar como antigo aliado de Lula e reivindicar os votos do eleitorado nordestino.
Com efeito o PT já começa a externar o seu medo de sair enfraquecido e/ou talvez derrotado por si mesmo nas eleições do ano que vem, a começar pela obrigação que fez aos seus senadores de votarem a favor de qualquer projeto que possam a vim isolar aqueles que pretendem se tornar rivais de Dilma.

Nenhum comentário: