Moto Legal

29 de abril de 2013

Em menos de 24h polícia prende dois envolvidos nos assassinato do empresário Valmir.


A equipe de investigação da Delegacia de Polícia de São Mateus, comandada pelo brilhante delegado de polícia Dr. José Henrique que teve o apoio do Superintendente da Polícia Civil do Interior o Dr. Jair, este que foi envidado pela Secretaria de Segurança Pública do Estado para ajudar nas investigações, juntamente com os valorosos Policiais Militares da cidade realizarão um belo trabalho investigativo que culminou na prisão de dois elementos que participaram do assassinato do empresário Valmir ocorrido na noite de ontem (28) em S. Mateus do Maranhão, após executarem o comerciante com oito tiros, os suspeitos fugiram em um carro preto de modelo Classic.
A polícia chegou aos suspeitos através de uma denúncia anônima, dando conta de que os elementos estavam numa casa situada em uma rua do bairro Piqui, com a chegada da polícia houve troca de tiros, um dos suspeitos saiu ferido.

Israel S. Pereira Aragão, 19 anos de idade - Suspeito preso pela polícia. Foto: Stuart Jr.


Segundo a polícia um dos suspeitos é da cidade de Camaçari no Estado da Bahia, trata-se do jovem Israel Saturnino Pereira Aragão, 19 anos de idade, o outro suspeito preso é do Estado de Minas Gerais e foi identificado apenas pelo nome de João, este foi ferido na troca de tiros com a polícia e levado para o hospital sobe a custódia da Polícia Militar.
Por se tratar de dois presos de origem de outras unidades da federação, a polícia trabalha na hipótese de haver algum outro envolvido que seja da cidade, com efeito, a polícia continua a procura de mais integrantes da quadrilha que estão foragidos.

Qualquer informação que possa ajudar nas investigações da polícia sobre a elucidação do crime, podem ser feitas através dos telefones 99 81421918 ou 99 36391777.

Com informações do Jornal Regional

Um comentário:

Hegito Costa magalhaes disse...

brilhante trabalho da policia , pena que tardio porque o principal bem se perdeu que foi a vida do rapaz. se tivessemos um policiamento preventivo talvez o caso teria um desfecho de outra forma ... policiamento preventivo e ostensivo apenas pra o uso do capacete , desde que vc seja pobre , pórque se vc tiver condição financeira , for rico ou filho de rico , ta liberado ...