Moto Legal

10 de abril de 2013

Agora bem aí! Marco Feliciano diz que só deixa comissão se José Genoino sair da CCJ


O líder do Psol, deputado Ivan Valente (SP), afirmou nesta terça-feira (9) que o deputado Pastor Marco Feliciano (PSC-SP) não aceitou renunciar à presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias. Segundo ele, a renúncia foi objeto de apelo de “grande parte dos líderes da Câmara”.

“Isso é um desrespeito, pois ele é uma pessoa incompatível com o cargo. Ele somente insiste porque lucra economica e politicamente com isso”, afirmou Valente, após reunião de Feliciano com o Colégio de Líderes e com o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves.
Um momento de mal-estar, segundo relatos, ocorreu quando Feliciano disse que só avaliaria deixar o cargo se os deputados petistas José Genoíno (SP) e João Paulo Cunha (SP), condenados no mensalão, deixassem a Comissão de Constituição e Justiça.

Nenhum comentário: