Obras Mais Asfalto

23 de março de 2013

Deu no Jornal Imparcial: Projeto Salangô vai fortalecer agricultura familiar em São Mateus


Por Raissa Tauany

A falta de estrutura para a produção de arroz é uma das maiores reclamações dos agricultores do município de São Mateus, localizado a 190 km de São Luís. O que é colhido na região, vai para as cidades de Balsas, Zé Doca, Itapecuru Mirim, Pedreiras, Caxias e Teresina, no Piauí. A fim de melhorar as condições de colheita, o prefeito do município, Miltinho Aragão (PSB), iniciou o processo de revitalização do Projeto Salangô na Ordem dos Advogados do Brasil/MA, na capital maranhense, nesta sexta, 23, durante um café da manhã.


A agricultura, muito importante para a economia maranhense, poderá ser fortalecida ainda mais com o projeto. Outro problema que poderá ser solucionado é a dos maquinários utilizados, que são motivos de reclamações por quebrarem facilmente, estarem enferrujados e, consequentemente, atrasando e agravando o trabalho dos agricultores.

O encontro do prefeito maranhense com o secretário de Estado, Cláudio Azevedo em São Luís e o superintendente da 8ª Regional da Codevasf, João Martins, em Brasília, serviram para trazer de volta o Projeto Salangô que promete beneficiar a vida social e econômica para os agricultores.

Iniciado durante o governo de Edson Lobão, o Projeto Salangô teve um volume significativo de recursos da União com o objetivo de produzir com qualidade arroz irrigado, frutas e hortaliças. Inicialmente o projeto foi criado para beneficiar cerca de 400 famílias de agricultores, corrigindo problemas como a falta de local adequado para secar o arroz e maquinário velho.
Produtos produzidos no Projeto Salangô. Foto: Alex Aroucha

Nenhum comentário: