Moto Legal

11 de janeiro de 2013

Aí lascou: Senadores desistem de lançar nome contra Renan


Grupo independente, contrário à eleição do peemedebista, resolveu não apresentar nome para disputar a presidência do Senado, revela Cristovam Buarque. Parlamentares devem propor carta de compromisso ao senador alagoano

O senador Renan Calheiros (PMDB-AL) não deve ter adversários na disputa pela presidência do Senado. Confirmada sua candidatura, o atual líder do PMDB deve ser eleito para comandar a Casa pelos próximos dois anos por aclamação. Isso porque o grupo de parlamentares contrários à eleição do peemedebista desistiu de lançar um concorrente à disputa. O motivo: falta de chances de vencer a eleição.
Desde outubro, um grupo de senadores formado por Cristovam Buarque (PDT-DF), Pedro Taques (PDT-MT), Randolfe Rodrigues (Psol-AP) e Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE), entre outros, começou a articular uma candidatura que pudesse concorrer contra Renan. Eles são contrários à volta do senador alagoano ao comando da Casa em razão da crise protagonizada por ele em 2007, quando denúncias abreviaram sua passagem pela presidência.

Com informações do Congresso em Foco

Nenhum comentário: