Moto Legal

23 de novembro de 2012

Em Brasília Miltinho e Rogério solicitam recursos para construção de importantes obras.


O Prefeito Eleito Miltinho Aragão e o seu vice Rogério Garcia ainda em viagem por Brasília, se encontraram na tarde de ontem (22) com o Presidente da EMBRATUR Flávio Dino, o encontro decisivo para cumprir compromissos agendados em prol da cidade de São Mateus do Maranhão.

Em Brasília na tarde de ontem
Prefeito Miltinho, Flávio Dino e o vice-prefeito Rogério

Miltinho esteve ontem em três importantes ministérios, pela manhã no Ministério da Integração para tratar de assuntos sobre a liberação de recursos para construção de Pontes em concreto armado na zona rural, pois uma das metas do novo prefeito é fazer com que as pontes de madeiras sejam todas recontruidas em concreto para acabar com o sofrimento das comunidades rurais que todos os anos sofrem com a queda da maioria delas. Ainda pela manhã de ontem, Miltinho e Rogério protocolaram no Ministério das Cidades um pedido de disponibilidade de recursos para a recontrução da Avenida Piqui pois a concretização dessa obra é preocupação de todos os moradores que residem ao longo desta importante avenida, que por falta de responsabilidade foi mal contruída na atual administração, fato que ocasionou a deterioração da referida avenida que deveria ser a mais bela da cidade. Já durante a tarde Miltinho e Rogério estiveram no Ministério do Turimos onde foram recepcionados pelo presidente da EMBRATUR Flávio Dino, lá foram tratados diveros assuntos entre eles a de liberação de verbas para a Contrução do Cais na beira do Rio Mearim nos povoados Lage do Curral, Água Preta e no Lago Verde, afim de tornar tais regiões em ponto turístico regional. A audiência com o Ministro da Saúde foi cancelada pelo fato da ocasião da Posse do novo ministro Presidente do Supremo Tribunal Federal – STF.

O Prefeito Miltiho juntamente com o vice-prefeito Rogério, encerram sua agenda de visita a Brasília com uma reunião na Câmara dos Deputados com o Deputado Federal Carlos Brandão (PSDB).

Nenhum comentário: