Moto Legal

6 de abril de 2012

Um pouco sobre a sexta-feira santa!

 
A Sexta-Feira Santa é a sexta-feira antes do Domingo de Páscoa (óbivio). É a data em que os cristãos lembram o julgamento, paixão, crucificação, morte e sepultamento de Jesus Cristo, através de diversos ritos religiosos (de maioria católica). É um feriado móvel que serve de referência para outras datas. Essa data é calculada como sendo a primeira sexta-feira após a primeira lua cheia e também após o equinócio (ponto no qual a eclíptica cruza o equador celeste) de outono no hemisfério sul ou o equinócio de primavera no hemisfério norte, podendo ocorrer entre 20 de março e 23 de abril. Essa determinação do dia começou a valer por decreto do papa Gregório XIII em 1582, seguindo o primeiro concílio de Nicéia de 325 d.C., convocado pelo imperador romano Constantino. 

Na Igreja Católica, este dia pertence ao Tríduo pascal, o mais importante período do ano litúrgico da igreja. Os cristãos celebram e contemplam a paixão e morte de Cristo, pelo que é o único dia em que não se celebra, em absoluto, a Eucaristia (a famosa missa).
É nessa data que Cristo percorre a Via Sacra, também conhecida como Via Dolorosa. Ele carregou sua cruz até Gólgota, onde foi crucificado. Depois de morto, sua veste foi sorteada entre os soldados, seu corpo foi descido da cruz, foi entregue nos braços de Maria e em sepultado em uma gruta lacrada por uma grande pedra.

Segundo a tradição cristã, a morte de Cristo é chamada de Paixão, pois foi um ato de amor e entrega de sua vida por nós.

Por ser um dia em que se contempla de modo especial Cristo crucificado, as regras litúrgicas prescrevem que neste dia e no seguinte (Sábado Santo) se venere (e não adore) o crucifixo com o gesto da genuflexão (ou seja, de joelhos). A Igreja também convida seus fieis a praticar o jejum, ou seja, a abstinência de carne vermelha, podendo, portanto, comer somente carne de peixe, mas atualmente muitos não estão nem para essa prática.

Nenhum comentário: