Moto Legal

24 de agosto de 2011

Partidos dos Trabalhadores repudia manobra política de pesquisas eleitorais em São Mateus.

No último final de semana, avistei pessoalmente no centro e em alguns bairros de São Mateus pesquisadores de ao menos três empresas diferentes que atua em pesquisas eleitorais e como as eleições já se aproximam, será comum ver gente destas empresas visitando ruas e avenidas da cidade na tentativa de obter dados sobre a pretensão do eleitorado, o problema é como está sendo conduzida algumas pesquisas na cidade, algumas destas empresas são tendenciosas em suas manipuladas pesquisas para tentar forçar o entrevistado a não dizer ''não'' em determinada pergunta, como por exemplo: numa pergunta em que o entrevistador fez a uma pessoa que estava próxima de mim numa rua da cidade no sábado dia 20, aconteceu o seguinte:
Entrevistador: Você votaria no candidato apresentado pelo atual prefeito?
Antes mesmo que o entrevistado respondesse o próprio entrevistador já induziu: Sim ou Talvez! Isso demonstra a real manipulação da pesquisa.
Diante de fatos graves como esse o PT, nos enviou uma nota oficial a respeito de outro fato mais grave ainda, que é a exclusão do nome de Genilson Alves entre os pré-candidatos a prefeito, que também foi observado por este blogueiro.
Segue a nota:

NOTA OFICIAL DO PARTIDO DOS TRABALHADORES


O Presidente Municipal do Partido dos Trabalhadores no município de São Mateus vem a público se manifestar acerca de realização de pesquisa eleitoral no município de São Mateus, no último final de semana, em que foi excluído o nome do pré-candidato do PT, o jornalista Genilson Alves, nos termos em que se seguem:
       1. O Partido tomou conhecimento através de vários depoimentos de populares, que diversos institutos de Pesquisa Eleitoral estão realizando coleta de dados na cidade e que, de forma lamentável, o instituto EXATA, deliberadamente, excluiu o nome do nosso pré-candidato a prefeito, o jornalista Genilson Alves, da referida pesquisa, com uma clara intenção de manipular o resultado e forjar um cenário irreal para as eleições municipais de 2012;
       2. O partido vem a público repudiar a atitude tendenciosa da empresa EXATA que, atendendo interesses dos contratantes da pesquisa, tenta influenciar a opinião pública da cidade acerca do cenário eleitoral para as eleições do ano que vem;
           3. Por fim, o Partido informa que procurará os meios cabíveis para exigir a reparação do erro, através do Ministério Público e comunicação ao TRE/MA, com o objetivo de coibir a fraude, ao tempo que reafirma a disposição de lançar a candidatura petista com vistas a defender o Projeto Democrático e Popular nas eleições de 2012.

São Mateus, 23 de agosto de 2011. 


Gregório Alves da Silva
Presidente do PT/São Mateus

Nenhum comentário: