Obras Mais Asfalto

1 de junho de 2011

Governo Estado há dois anos enganando a população.

Passados dois anos desde que o famigerado Projeto Saúde é Vida foi concebido na acelerada cabeça do secretário Ricardo Murad, o saldo do programa continua zerado.
Dos 72 hospitais, prometidos e vendidos como se já estivessem prontos e fizessem parte do “maior plano de saúde do Brasil”, apenas um está pronto – funcionando em situação caótica. Os outros 71 hospitais permanecem sem previsão de entrega.
O funcionamento do Saúde é Vida é mais um problema a ser resolvido. O governo tenta jogar a responsabilidade pela gestão das unidades hospitalares para os municípios. Os prefeitos resistem, pois não possuem recursos suficientes para mantê-los. E por conta desse impasse, é provável que a maioria instalações se transformem em grandes “elefantes brancos” ou sejam simplesmente abandonadas.
Salvam-se as UPAs, construídas em contrapartida com o Governo Federal. Será? Das dez Unidades de Pronto Atendimento que deveriam ter sido entregues desde o ano de 2009, apenas duas estão funcionando. As outras permanecem abandonadas por pela falta de recursos para a conclusão das obras. O dinheiro enviado pelo Ministério da Saúde simplesmente sumiu. Evaporou!
O certo é que não havia necessidade de marcar um encontro para prestar contas do Programa Saúde é Vida. Bastava uma transmissão rápida de TV, uma lousa, um giz e uma subtração simples:

72 -1 = 71

O que passar disso é MENTIRA!

Nenhum comentário: