Moto Legal

26 de maio de 2011

Que difereça faz Neto Amorim ser CASSADO?

Por Jônatas Carlos

Tem gente querendo fazer tempestade em copo d'água, há ainda 'aquele' que até parece que nunca escreveu uma matéria, só não tem o mesmo empenho quando se trata da CASSAÇÃO do prefeito CASSADO Rovélio (PV)!

Só acreditarei na justiça se de fato o vereador perder o mandato.

Caro leitor, pela primeira vez trato aqui sobre a queda política e histórica do vereador Neto Amorim [o vereador mais votado nas eleições 2008], primeiro analisei o cenário a quem se submete o Edil, depois venho aqui colocar minha posição.
Até agora, a população ainda não sabe o porque do vereador ter sido condenado, muito menos o motivo ao qual o mesmo perdeu os direitos políticos por cinco anos. Alguns críticos na cidade estão para perder os fios de cabelos inclusive alguns vereadores, simplesmente pelo fato de Neto Amorim ter se tornado recentemente "oposição" ao governo desastroso que está instalado sobe o comando do prefeito CASSADO Rovélio.
Que oposição é esta? Neto Amorim/foto é o mesmo que  em 2009, pediu para o CAISI não ser fechado pela governadora Roseana Sarney, porém após o fechamento do hospital foi o mesmo que num comício a pouco menos de um ano ao lado do prefeito CASSADO Rovélio na praça do Tancredo fez mil e uns elogios ao prefeito e a governadora, só faltou chamar ambos de papai e mamãe [mas também se isto tivesse acontecido seria de mais minha gente]. Ainda em 2009, solicitou que fosse aberta uma comissão para investigar possíveis irregularidades que envolvera o vereador Gessé Soares no caso CIBRASEM, porém baixou o faixo rapidamente semanas depois.
Fato curioso é que no início deste último mandato do atual prefeito CASSADO, Getúlio Amorim [ex-prefeito de São Mateus / 1993 - 1996], que também é réu no processo e também é o pai do vereador Neto Amorim, envolvido na encrenca agora, foi Secretário de Agricultura da Prefeitura de São Mateus. No entanto foi exonerado do cargo por motivos ainda sem conhecimento da população e mesmo assim continuou sendo membro do grupo do atual prefeito.
Caso se confirme a perca histórica do mandado do vereador Neto Amorim, deverá assumir o suplente, Pará Brandão (PTB). Ou seja, com a saída do vereador ora condenado, ocorrerá uma troca de seis por meia dúzia na câmara de vereadores, o suplente de vereador Pará faz parte do grupo do atual prefeito CASSADO.

É preciso que prevaleça a decisão da justiça para que o povo de São Mateus ao menos volte a crer na justiça, porque ultimamente, o Poder Judiciário está com pouco crédito na opinião pública saomateuense.

É esperar pra crer!

Nenhum comentário: