Antes não tinha, agora tem!

18 de fevereiro de 2011

Deputado Dutra repudia o controle do Maranhão pelo senhor José Saddam Hussein Mubarak Sarney

Enviado por Salis Chagas – Assessor de Imprensa do Deputado Domingos Dutra (PT-MA).

Em plenário, o deputado Domingos Dutra (PT-MA) usou a tribuna nesta terça-feira (15) para manifestar indignação e angustia da população maranhense por pertencer a um estado dominado por uma oligarquia e lamentar pelas constantes, porém, verídicas notícias negativas sobre o Maranhão publicadas na imprensa nacional.
“O Brasil muda, o mundo muda e o Maranhão continua sujeito à oligarquia mais perversa e antiga do Brasil que o País inteiro rejeita, mas que infelizmente continua com muito fôlego no parlamento”, desabafou o parlamentar ao enfatizar que nos últimos 55 anos o mundo experimentou mudanças profundas na economia, nas ciências e na política.
“Os americanos chegaram à lua; Fidel Castro ganhou Cuba; o Muro de Berlim caiu; o império soviético ruiu; o Brasil conquistou cinco Copas do Mundo; Saddam Hussein foi preso e executado; Hosni Mubarak acabou de ser derrotado no Egito; no Brasil houve eleições diretas; a transição veio; o primeiro Presidente operário foi eleito; agora a primeira mulher foi eleita Presidenta da República, depois de 510 anos. Apesar de todas essas mudanças no mundo e no Brasil, nós do Maranhão continuamos sendo dirigidos por um ditador: o Sr. José Saddam Mubarak Sarney”, destacou o deputado.
O deputado lembrou também dos registros negativos publicados na imprensa sobre o Maranhão, como o recente caso ocorrido em Pinheiro – terra natal do Senador José Sarney, onde seis presos foram executados e quatro deles decapitados – e a rebelião no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em novembro do ano passado, deixando 18 detentos mortos, sendo seis também decapitados. No Instituto Médico Legal (IML), ao costurar as cabeças nos corpos, custaram uma no corpo de outro.
“Infelizmente esse é o Maranhão do Sr. José Saddam Mubarak Sarney, mas esperamos que nos próximos anos o estado possa se livrar de uma oligarquia que não se preocupa com seu povo e que é odiada no Brasil, mas que infelizmente continua mandando e tratando os maranhenses como se fossem gado”, disse Domingos Dutra indignado por viver num Estado rico, que tem fartura de recursos naturais, mas que tem o povo mais pobre do País e concluiu: “espero que neste mandato nos livremos dessa ditadura comandada pelo Sr. José Saddam Mubarak Sarney”.

Nenhum comentário: