1 de outubro de 2010

Zico chora ao se despedir do grupo.

Por GLOBOESPORTE.COM

Enquanto cerca de 100 torcedores protestavam na porta da sede da Gávea, Zico chorava no Ninho do Urubu. O eterno ídolo e agora ex-dirigente do Flamengo esteve no CT do clube em Vargem Grande para se despedir dos jogadores. Depois de conversar bastante com o grupo, ficou emocionado e não conteve as lágrimas. Os jogadores ouviram calados.
- Conversei com a Patrícia e fui cumprimentar jogadores e funcionários do clube, que me apoiaram esse tempo todo. Meu neto acabou de nascer, a família é o mais importante. E ela foi atacada - disse Zico, que aposta em dias melhores para o clube. -  Tenho certeza de que o time vai superar essa fase.
Zico passou quase todo o dia em casa e se irritou com o fato de que alguns jornalistas tentavam filmar o interior do seu apartamento. Saiu apenas para ir ao Ninho do Urubu, de onde foi para a Perinatal, na Barra da Tijuca. Chegou ao local por volta de 17h20m para ver o neto e estava com fisionomia abatida. Na recepção, posou para fotografias com famílias e foi muito cumprimentado.

Mais detalhes clique aqui.