1 de julho de 2010

O sonho acabou: Roseana agora tá só.

TSE decide que Marina, Serra e Dilma estão sem palanques no Maranhão. A decisões de ontem do TSE, de proibir uso de imagens e voz dos candidatos presidenciais por coligações regionais que tenham partidos de todas as coligações nacionais poderá impedir a formação de palanques no Maranhão para os candidatos Dilma Rousseff (PT), José Serra (PSDB) e Marina Silva (PV).

Na prática, a decisão do TSE diz o seguinte: se as coligações regionais quiserem a participação dos candidatos presidenciais, suas alianças só poderão ser feitas com paridos da mesma base nacional.

Como no Maranhão, as coligações de Jackson Lago (PDT/PSDB/PTC) e de Roseana (PMDB/PT/DEM/PV e outros…) têm partidos das duas alianças nacionais, nem um dos dois poderá frazer campanha para seus candidatos a presidente – Dilma, no caso de Roseana, e Serra, no caso de Jackson Lago.

O comunista Flávio Dino também poderá ser impedido de fazer campanha nacional se o PPS decidir se coligar com PCdoB e PSB, hoje. O resultado é que os candidatos presidenciais não terão palanques no Maranhão.


Saídas

Para escapar deste problema, Roseana terá que abrir mão da participação formal de PTB/DEM e PV em sua coligação. Neste caso, estaria liberada para dar palanque a Dilma Rousseff.

O caso de Jackson é mais complicado: o PDT está na base de Dilma, mas só terá força eleitoral no estado se coligar com o PSDB, da base de Serra. Como o principal objetivo dos tucanos é a eleição de Serra, entende-se que Jackson ficará fora da campanha nacional.

Para Flávio Dino, a decisão da Justiça Eleitoral seria a saída para que ele se tornasse, oficialmente, o candidato de Dilma no Maranhão, mas, para isso, teria que abrir mão do apoio do PPS.


A fonte é de um blogue miranteano:

http://colunas.imirante.com/marcosdeca/2010/06/30/marina-serra-e-dilma-podem-ficar-sem-palanques-no-maranhao/

Nenhum comentário: