17 de junho de 2010

Em Paris, Dilma se reúne com Sarkosy e vê protesto contra apoio a Roseana Sarney

No segundo dia de seu tour pela Europa, a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, reuniu-se com o presidente francês, Nicolas Sarkozy, e enfrentou um protesto solitário em Paris contra a aliança de seu partido com Roseana Sarney, no Maranhão.

Quando saía de seu hotel, o Champs Elyseés Plaza, um brasileiro desenrolou um cartaz e gritou: "Sarney é igual a Hitler. A eleição está sendo decidida no Maranhão, Dilma".

O manifestante se referia à decisão do PT nacional, que impôs ao diretório local a uma aliança com Roseana Sarney (PMDB) no Maranhão.

Supreendida, a candidata voltou para dentro do saguão do hotel. A petista e o secretário-geral do Partido Socialista Francês, Martine Auby, quie declarou apoio a Dilma, tiveram de esperar o manifestante se acalmar para continuar a entrevista.

As informações são da Folha de São Paulo

Nenhum comentário: