26 de maio de 2010

Matadouro Público de São Mateus a beira da interdição.

Na última sexta-feira (21/05), eu juntamente com a equipe da redação do Jornal SÃO MATEUS URGENTE, na NOSSA RÁDIO FM 98,1, fomos informado de uma suposta interdição do Matadouro Público de São Mateus.

Fui ontem (25/05) pela manhã atrás de informações sobre o fato. Para falar a respeito, entrevistei a Dra. Mércia Rejane ela que é médica veterinária do escritório local da AGED - Agência de Defesa Agropecuária do Maranhão.

Acompanhe a degravação da entrevista exclusiva que foi ao AR ontem no Jornal SÃO MATEUS URGENTE na Nossa Rádio FM 98,1 aqui em São Mateus.

Jônatas Carlos Qual é a real situação do Matadouro aqui em São Mateus?

Dra. Mércia Rejane – Realmente as situações do matadouro são precárias, ele tinha tudo pra ser interditado, mas agente está tentando primeiro por meios legais melhorar, agente teve uma reunião com o Sec. de Agricultura, com os magarefes, com os marchantes para melhorar. Semana passada foi enviada uma notificação através de ofício ao Ministério Público, para que possa tomar as providencias para que a interdição não aconteça, porque isso não é o que nós queremos, porque interditando o matadouro agente sabe que o gado será abatido de maneira clandestina em condições ilegais, ou seja, agente quer que melhorem as condições para que o gado possa ser abatido.

Jonatas Carlosquais as irregularidades encontradas no matadouro público de São Mateus?

Dra. Mércia Rejane – antes de tudo a inspeção, que seria o primeiro passo, não tem inspeção, a inspeção seria feita pela veterinária da vigilância sanitária e a veterinária não se encontra nem antes do abatimento, nem na inspeção pós-morte. Além da inspeção seria a água que não tem no matadouro, existe lá uma caixa d’água em condições precárias com água muito suja que é utilizada em todas as operações do matadouro, outra irregularidade é o destino dos dejetos que não tem tratamento além de ficar lá empossado trazendo mau cheiro, podendo acarretar doenças pro gado e para a população, as instalações: piso, teto, não há tela de proteção, onde atrai muitas moscas atraindo assim muita infecção para a carne, o transporte é totalmente inadequado, a carne teria que ser transportada em um transporte com refrigerador.

Jonatas Carlosalém da notificação feita ao Ministério Público, que outras medidas serão tomadas pela AGED?

Dra. Mércia Rejane - O MP me pediu um laudo e, portanto diante deste laudo, e o promotor se comprometeu a buscar melhorias para o matadouro, tem um projeto de melhoria, que por sinal é antigo, só que está apenas no papel, o promotor também ficou de solucionar a questão do horário do abate dos animais e caso o MP não consiga força a prefeitura a cumprir as medidas, o Matadouro será sim interditado.

Jonatas Carlos Caso o matadouro venha ser interditado, a Prefeitura sofrerá alguma penalidade tipo: multa o algo no sentido?

Dra. Mércia Rejane – A prefeitura sim. Pois a responsabilidade hoje do matadouro é a prefeitura, cabendo as advertências, penalidades e até multas se for o caso.

P.S.: O fato é que a situação em que se encontra o Matadouro Público é caos total, totalmente uma falta de responsabilidade da Prefeitura de São Mateus comanda por um sujeito coronel contra as vidas dos cidadãos de quer estão tendo o prazer de consumir uma carne com qualidade.

Obs.: amanhã publicarei as imagens do atual matadouro.