Obras Mais Asfalto

14 de março de 2010

Petistas aclamam Flávio Dino como pré-candidato ao governo e dizem "não" a aliança com Roseana Sarney

Do blogue do John Cutrim

Cerca de 300 militantes e dirigentes do Partido dos Trabalhadores (PT) realizaram neste sábado (13), no auditório do Grand São Luís Hotel, um ato público para manifestar apoio à pré-candidatura do deputado federal Flávio Dino ao governo do Maranhão numa coligação que reúna, além do próprio PT, o PSB e o PCdoB. Na oportunidade, petistas de cerca de 120 diretórios municipais aprovaram um manifesto contra aliança com a governadora Roseana Sarney (PMDB).

O ato foi coordenado pelo deputado federal Domingos Dutra; pelo vice-presidente do partido, Augusto Lobato; e pelo secretário de Organização, Bira do Pindaré. Flávio Dino e a vice-presidente nacional do PCdoB, Luciana Santos, compareceram ao evento acompanhados de outros dirigentes locais do partido.

Na fala de abertura, Dutra classificou o ato de uma “reunião em nome da esperança” e foi enfático na defesa de uma coligação do seu partido com o que ele designou de “campo democrático e popular”. De acordo com ele, a iniciativa serviu para mostrar ao Maranhão e ao Brasil que a maioria do PT do Estado não quer Roseana.

”Até mesmo os aliados de Roseana, como o seu Washington, o Monteiro, não tiveram coragem de botar o nome dela num pedaço de papel e entregar ao PT, eles mesmos estão envergonhados com tudo isso. Portanto, esse ato reafirmou que o caminho do PT não é negar sua história, não é apagar o seu passado, não é se juntar com um grupo que há mais de 40 anos, massacra, humilha e debocha do nosso povo”, disse o deputado.

Um comentário:

Fábio disse...

Como já disse, independentemente da posição do PT aqui, o que vai ter força é a voz popular. Buscar assinaturas para ir contra a Governadora não é nada quando a pop. está satisfeita com o governo.