Obras Mais Asfalto

11 de março de 2010

O PMDB, no caso do Maranhão, foi assaltado pelo Sarney

Em entrevista à revista Terra Magazine, o deputado federal Domingos Dutra (PT) dá o tom do nível da oposição estadual ao ex-presidente da República e atual presidente do Senado, José Sarney (PMDB/AP), pai da governadora Roseana Sarney.
- O PMDB, no caso do Maranhão, foi assaltado pelo Sarney, que vem pela turma da Arena. Então, eu considero normal que haja dificuldade, diferença e até impossibilidade de união.
Enquanto narra a montagem do tabuleiro eleitoral do seu Maranhão, Dutra é pontuado pelas indefinições. E não descarta até a partilha do apoio à candidatura da ministra Dilma Rousseff em três palanques. Mas há uma regra muito clara:
- Pelo menos com a maioria de petistas, o PSB, o PCdoB e o PDT, é impossível se juntar ao Sarney.
As principais apostas para tentar derrubar a hegemonia dos Sarney devem ser Jackson Lago, do PDT, governador cassado no ano passado pelo Tribunal Superior Eleitoral, e o deputado federal Flávio Dino, do PCdoB.
Ambos, além de Roseana Sarney, poderiam apoiar Dilma Rousseff. “Se o Sarney ganhar a eleição e a ministra Dilma for eleita – como tudo indica -, aí serão mais 40 anos de domínio no Maranhão”, teme Domingos Dutra.
Seu raciocínio baseia-se na ideia de que, mesmo sem se comprometer com a candidatura presidencial petista anteriormente, Sarney já conseguiu grande influência no governo federal. Agora, com uma aliança nacional, a perspectiva seria mais favorável ainda ao grupo da governadora do Maranhão.
- Eles, que não tinham tanta força, não ajudaram Lula a ganhar as eleições, hoje mandam e desmandam, imagine com a ministra Dilma, com todo este peso que o PMDB tem.


Leia mais aqui.

2 comentários:

Fábio disse...

Todo mundo sabe que Domingos Dutra não vai apoiar a Roseana. Nenhuma novidade, a questão é, a atual governadora precisaria do apóio destes?

Policarpo disse...

A ala do PT que apóia Roseana está apostando em seu apóio e aceitação popular. É uma jogada de risco, mas a população parece estar aceitando bem as iniciativas da governadora, então...vejamos no que dá.