Moto Legal

2 de dezembro de 2009

A CASSADA CONTINUA: SÓ HOJE, FORAM DOIS.

Quem pensava que a onda de cassação tinha terminado, estava enganado. Logo pela manhã recebi um e-mail dos jovens da Agência de Comunicação Educativa de São João Batista – MA, onde relatava o texto abaixo:

A comarca de São João Batista acaba de divulgar a cassação do prefeito, Eduardo Henrique Tavares Dominici (PDT). O prefeito teve seu mandato cassado logo pela manhã e a segunda colocada Surama Soares (PV), mulher do ex-prefeito e médico Dr. Zequinha Soares, tomou posse hoje na Assembléia Legislativa do Maranhão.

O prefeito foi afastado do cargo por abuso de poder econômico e político, uso da máquina pública e compra de votos. O agora ex-prefeito Eduardo Dominici, (foto acima) deve recorrer da decisão por meio de liminar para tentar voltar ao cargo. O caso teve repercussão estadual, sendo destaque nos principais sites e jornais do estado. Segundo o juiz, ele terá 24 horas para deixar a prefeitura. Simpatizantes de Surama Soares já fizeram até carreatas anunciando a decisão do juiz. O ex-prefeito foi eleito por dois mandatos, sendo este último eleito por mais de 6 mil votos e a segunda colocada com 5 mil votos.

Fonte: Agência de Comunicação de São João Batista


JÁ NA CIDADE DE PRESIDENTE DUTRA!

A Prefeita da cidade Irene Soares (foto), acaba de ser cassada pela juíza da comarca do município, Rosa Maria Duarte, da 54ª Zona Eleitoral, por abuso de poder econômico, político e compra de votos, entre diversas acusações, a mesma é acusada de asfaltar e recuperar ruas após anunciar em palanque. A decisão da magistrada determinou que fosse realizada novas eleições na cidade, assumindo interinamente o presidente da Câmara. O blog entrou em contato com o vereador do município Aristeu Nunes (PDT), que por telefone nos confirmou a informação. Daqui a pouco estaremos trazendo mais detalhes.

PS.: Notícia dada em primeira mão por este blog às 16h.

Fonte: Blog do John Cutrin


Nas duas cassações, as acusações arroladas nos processos são as mesmas no caso em que o prefeito de São Mateus, está sendo acusado e que por uma liminar está na prefeitura, mesmo ainda estando cassado.

Nenhum comentário: