Obras Mais Asfalto

20 de novembro de 2009

Movimentos de Conscientização Negra prestam apoio a Professora Fátima Lopes, que de forma racista foi agredida pelo Prefeito de São Mateus.

Reunião com lideranças do Centro de Consciencia Negra
de Pedreiras e demais entidades.

Estive hoje a convite pela manhã na cidade de Pedreiras - MA, cidade histórica do Estado do Maranhão, terra onde nasceu João do Vale e tantos outros que fizeram história em nosso Estado, para participar do evento sobre a Consciencia Negra, pena que cheguei já no encerramento do evento, organizado pelo Centro de Consciencia Negra e entidades irmãs daquele município. O evento teve início ontem e um dos casos denunciado que teve a maior atenção no evento, foi a prática de crime de racismo do prefeito ainda CASSADO de São Mateus, contra a professora Fátima Lopes, ocorrido no último dia 15, caso que repercutiu em diversos meios de comunicação não só de São Mateus, mas em nível estadual e até nacional como é o caso da matéria no Portal do instituto da Mulher Negra.
A imprensa local estava em peso (os canais locais), inclusive imprensa televisiva, virtual e impressa de outras regiões do Estado. Numa reunião reservada que participei com diversas representantes de entidades como: Centro de Consciencia Negra de Pedreiras - CCNP, Movimento de Mulheres Negras e Quebradeiras de Coco, representante do Conselho Estadual de Promoção de Igualdade Étnico e Racial e demais entidades da região, ficou evidente a insatisfação por partes das lideranças sociais presentes, contra a atuação convarde e criminosa do prefeito de São Mateus o coronel aposentado Rovélio (ainda CASSADO, porém no mandato).
Estiveram presente na reunião lideranças Jovens daqui de São Mateus e a Profª Fátima vítima do crime praticado pelo prefeito de São Mateus, onde o mesmo a chamou de "negrinha".Professora Fátima concede entrevista a imprensa da
região que estava presente em Pedreiras.

"Nós iremos está unidos à professora Fátima até o fim e lutaremos sem medir esforços para que o prefeito daquela cidade seja punido com rigor na forma da Lei", as lideranças presente assumiram o compromisso de organizar uma grande manifestação pública aqui em São Mateus no dia 30 deste mês, afirmaram ainda que todas as lideranças de movimentos negros da região irão em caravanas para a cidade nesta data e se farão presente nas audiência que forem marcadas pela justiça sobre o caso.
Aproveitando a oportunidade, a Coordenadora Geral do Centro de Consciencia Negra e Conselheira Estadual de Promoção e Igualdade Étnico e Racial, me conscedeu uma entrevista que você poderá acompanhar, na barra lateral direita deste blog no link ENTREVISTAS. Enquanto isso a professora Fátima era aguardada por reporteres da região, para que a mesma concedesse entrevistas, sobre o fato.

Um comentário:

@vinnizinhow disse...

Infelizmente, Muitas pessoas sao vitimas de racismo e a minha professorinha querida foi mais uma. Acredito que o Vosso "ex-prefeito" saiba medir muito bem as palavras numa proxima vez, pois quando se mete com uma pessoa boa, o grupo todo vai de encontro pra ajudar.

Bem legal o Blog, Parabens pela iniciativa!