Moto Legal

22 de outubro de 2009

BARracos ENTRE DESEMBARGADORES ESCANCARA A CRISE NO JUDICIÁRIO MARANHENSE

Deu no Blog do Chico

Imagine um dono de bar presenciando bate-boca de baixo nível entre dois freqüentadores do casa. A sua atitude imediata seria pedir o encerramento do barraco e a retirada de ambos do local. Tal iniciativa teria ainda o apoio das outras pessoas presentes ao recinto. Afinal, até mesa de bar tem suas regras de conduta. Ontem (21), na mais alta corte judiciária do Estado, desembargadores com décadas de estrada na magistratura, protagonizaram cenas lamentáveis de troca de acusações, típicas de uma mesa de bar É por estas e por outras que o judiciário já não visto com bons olhos pela população, conforme indica um pesquisa recente elaborada pela Fundação Getúlio Vargas.(FGV).

Como o cidadão pode depositar fiança moral na Justiça, quando os homens de quem se espera conduta irrepreensível na vida pública e privada comportam-se desta maneira? Será que mais um episódio bizarro tendo como palco o pleno do Tribunal de Justiça, terminará em pizza?

A troca de insultos verbais, típicos de mesa de bar, e em nível inaceitável para quem exerce a magistratura, ainda repercute nos bastidores do judiciário.

A presidência do Tribunal de Justiça já emitiu nota prometendo tomar as providências necessárias ao restabelecimento do dever de cortesia, primordial no cotidiano das sessões da casa. A Associação de Magistrados do Maranhão também manifestou-se sobre o tema, alertando para a afronta a Lei Orgânica da Magistratura. O episódio preocupa não só a quem atua na área jurídica, mas a toda a coletividade.

Quando “doutores da lei” dão um show de baixaria trocando acusações e insultos em um nível impublicável as pessoas começam a enxergar o Direito por um prisma tortuoso e o Judiciário perde pontos irrecuperáveis no quesito credibilidade.

Nenhum comentário: