Moto Legal

4 de agosto de 2009

SARNEY É MAIS PERIGOSO DO QUE A GRIPE SUINA...

Sarney, está mais resistente que o virus H1N1, mesmo assim se ele não renunciar a presidência do Senado, os senadores afirmam que irão prepara boicot para ele.
O PT desistiu de reunir sua bancada no Senado para rediscutir o pedido de licença temporária do presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP). O líder do PT no Senado, Aloizio Mercadante (SP), disse hoje que o partido já expressou sua posição favorável ao afastamento temporário de Sarney em notas emitidas na semana passada --mesmo depois que o ministro José Múcio Monteiro (Relações Institucionais) disse que as notas não exprimiam o pensamento integral da bancada.

"A bancada do PT já tomou a sua decisão em relação à crise que foi expressa em duas notas. As posições estão mantidas considerando que a licença do senador Sarney seria o melhor caminho", disse.

Mercadante afirmou que respeita posições de "ministros ou líderes partidários" favoráveis à permanência de Sarney, mas reiterou que a bancada do PT defende que o peemedebista deixe o cargo por alguns dias.

"Nenhum senador [do PT] me pediu para rever essa posição. Estou conversando com todas as lideranças da Casa. Vou conversar com os partidos, buscar um clima que permita ao Senado superar essa crise. [A licença] seria um gesto de grandeza que contribuiria muito", afirmou.

No final de julho, a bancada do PT divulgou notas assinadas por Mercadante, nas quais o partido defende o afastamento temporário de Sarney da presidência do Senado. O ministro José Múcio veio a público afirmar que as notas não eram um "movimento do PT", mas um posicionamento de "um ou dois senadores" --desautorizando o líder petista. (Da Folha Online)

Nenhum comentário: