Moto Legal

31 de agosto de 2009

OPOSIÇÃO MOSTRA SERVIÇO ENQUANTO O GOVERNO DO ESTADO NÃO FAZ NADA

Os ex-governadores Jackson Lago (PDT) e José Reinaldo Tavares (PSB), os deputados federais Domingos Dutra (PT) e Roberto Rocha (PSDB), o deputado estadual Rubens Júnior (PRTB), o ex-ministro Edson Vidigal (PSB) e o ex-deputado estadual Rubens Pereira (PDT) reuniram-se neste final de semana na cidade de Matões, para discutir sobre o atual cenário político e sobre a melhor maneira de garantir a vitória das forças progressistas, nas urnas de 2010. O grupo busca um entendimento entre os que defendem uma candidatura única e os que acreditam que se deva repetir a fórmula de 2006, com o lançamento de duas ou mais candidaturas. O encontro em Matões foi marcado pela disposição ao diálogo, onde todas as cartas foram colocadas à mesa, e pela sinalização de que as oposições continuam unidas.

"Foi uma demonstração de que as oposições podem mais uma vez trilhar juntas para derrotar o grupo Sarney", definiu Rubens Júnior, deputado que organizou a reunião.

Uma nova rodada de negociações ficou marcada para a próxima sexta-feira em São Luís, com a inclusão do prefeito João Castelo (PSDB) e do deputado federal Flávio Dino (PCdoB). A ampliação da mesa de negociações foi garantida por José Reinaldo Tavares, que convidará Dino, e por Roberto Rocha, que convidará Castelo. "O importante é não deixar que a família Sarney vença e o Maranhão possa se desenvolver", afirmou Tavares.

O ex-governador acredita que o grande aliado das oposições é a população, que não aceita mais os métodos políticos da família Sarney, o que garantirá a vitória em 2010. "Esse é um sentimento que está em todo o Maranhão, até mais na população do que nos próprios políticos", declarou.

A união das oposições também é defendida pelo ex-governador Jackson Lago, que considerou a reunião bastante positiva e mostrou-se aberto ao diálogo, embora defenda a tese da candidatura única. "Ainda temos bastante tempo pela frente para acertarmos todos os ponteiros", disse Lago, que reafirmou a sua disposição de sair candidato ao governo, caso a população assim deseje. O grupo participou da abertura do Troféu Rural, campeonato de futebol promovido pela Prefeitura, que reúne 48 times representantes dos povoados de Matões. Coube ao ex-ministro Edson Vidigal fazer o discurso de saudação aos atletas, e aproveitou para lembrar que assim como no esporte, na política deve-se competir, mas com civilidade. Ele defendeu a harmonia do grupo, mesmo com todas as diferenças que o momento impõe.

O deputado Rubens Júnior concordou com a avaliação de Vidigal e observou que nunca a situação esteve tão favorável para a vitória das oposições contra a candidatura da governadora Roseana Sarney. "Na eleição passada, por exemplo, ela sempre esteve à frente. Mas desta vez é diferente; somos nós que estamos com a preferência da população", disse.

A reunião organizada pelo deputado foi também um convite para que todos participassem da tradicional Festa do Divino, que reuniu cerca de 40 mil pessoas durante os três dias de sua programação religiosa e de shows de forró do 5º Matões Fest, promovido pela prefeita Suely Pereira. "É uma honra receber as lideranças comprometidas com o desenvolvimento do nosso estado", destacou Suely, que aproveitou para lamentar a decisão do atual governo em seqüestrar os convênios que o ex-governador Jackson Lago celebrou com os municípios. A prefeita, que recorreu à Justiça para reaver os recursos desses convênios, lembrou que por sorte do município a governadora Roseana Sarney esqueceu de seqüestrar o convênio da área da educação. "Com isso estamos construindo dez escolas, das quais cinco já estão prontas", comemorou.


Fonte: Jornal Pequeno Edição 23.076 dia 31/08/2009

Um comentário:

Sylvia disse...

A situação da política brasileira está um descalabro. Nunca se ouviu falar tanto em falcatruas... tomara que o povo realmente enxergue, e faça valer seu voto conscientemente!

Com grande expectativa para 2010!

Bjs