24 de agosto de 2009

CLIMA POLÍTICO VOLTA A FICAR TENSO EM SÃO MATEUS

Em mais uma seção no TRE-MA, de forma unânime, os juizes integrantes da corte eleitoral do Maranhão decidiram afastar dos processos eleitorais referentes às eleições 2008 o Magistrado Marcos Aurélio e o mesmo ainda responderá a processo administrativo, haja vista que existe uma onda de denúncias contra o magistrado, com isso o relator deste processo Juiz Joaquim dos Anjos entendeu que houve SUSPEIÇÃO, ou melhor, CONIVENCIA com a situação política mais precisamente com o PREFEITO CASSADO, sendo assim os demais Juizes votaram a favor do relator, confirmando assim a sentença.


Miltinho no uso da tribuna salienta o fato de que o mesmo advogado do magistrado neste processo é o mesmo advogado do PREFEITO CASSADO, ou seja, o mesmo defende a causa de um e do outro, (o que pelo fato é muito supeito).

Sendo assim, está designado para julgar os processos da urna do Povoado Juçareira o Juiz Eleitoral Dr. Osmar Gomes da Comarca de Bacabal - MA. A presidente da corte eleitoral do Maranhão Dr. Nelma interropeu o relator e enfatizou que: "Se o Juiz da comarca fosse responsável, aquela situação de destruição não teria acontecido naquela cidade".


NOVA ELEIÇÃO

O que deixa a população mais entristecida é o fato de mais uma vez ter sido adiada a continuidade da votação a respeito do processo de cassação do prefeito, iniciado dia 12 com o pedido do relator deste processo Juiz Dr. Roberto Veloso pela anulação dos votos do prefeito já cassado e pela realização de uma nova eleição num prazo de 40 dias, o pedido de uma nova eleição é que a Lei das Eleições diz que quando é anulada mais de 50% dos votos deve ser realizada uma nova eleição, foi o que aconteceu em São Mateus.