Moto Legal

24 de julho de 2009

Em meio a gripe suína o PT contradiz Lula e exige que Sarney deixe Presidência do Senado

Por Jonatas Carlos
O Partido dos Trabalhadores (PT) se distanciou do presidente da República que sempre se faz de alguém que não sabe nada, só não se sabe até quando, e pediu, nesta sexta-feira, 24, que o presidente do Senado, José Sarney, renuncie ao cargo para "não" ser processado por suspeitas de corrupção, pois Sarney segundo Lula é um homem "incomum" e o Ministério público tem que levar em contar a briografia de Sarney, pois ele não é um ladrão simples, já é formado em corrupto e tem uma larga experiência no ramo da corrupção.

A posição do partido foi publicada pelo Senador Aloizio Mercadante, após novas denúncias, apoiadas por gravações telefônicas divulgadas no jornal O Estado de São Paulo e inumeros meios de comunicação, que ligam Sarney a um suposto ou melhor já quase confirmado tráfico de influência.

Disse o senador Mercadante "Essa nova denúncia é grave, porque há indícios concretos da participação de Sarney" mas acho que o senador não sabe que já não é algo estranho para nós maranhenses este comportamento do Sarney, na nomeação do namorado de uma de suas netas para um cargo administrativo no Senado, o que Mercadante ainda não sabe é que aqui no Maranhão tudo funciona desta maneira, os melhores cargos principalmente no judiciário são compostos pelos famíliares da oligarquia.

Segundo o comunicado, "o melhor caminho será um pedido de licença da Presidência do senador José Sarney", que, na opinião do PT, deve ser investigado pelo Comitê de Ética da Casa, por esta e outras denúncias.

Lula como sempre é claro por ter o "rabo preso" apoiou Sarney nesta quinta-feira e disse que "não podemos tratar tudo como se fosse crime de pena de morte" e que "uma coisa é você matar, outra coisa é você roubar, outra coisa é você pedir emprego, outra é fazer lobby", o pior é que Lula citou estes exemplos que na verdade são todos crimes, portanto, criminoso tem que ser punido!

Até quando os jornais irão denunciar, até quando o senado será conivente com as denúncias, até quando o Brasil será refém da Oligarquia Sarney?...

Nenhum comentário: