Obras Mais Asfalto

10 de dezembro de 2008

OS 60 ANOS DA DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS É COMEMORADO EM SÃO MATEUS

Organizado pelos acadêmicos da EADUCON em parceria com a APAE, PJ, CAISI, DELEGACIA SINDICAL DOS AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE, CÂMARA MUNICIPAL, APROMAGIS, ASCULT JOVEM E MINISTÉRIO PÚBLICO, aconteceu as 20:00h do dia 10/12 a comemoração dos 60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, realizado no auditório do Sindicatos dos Trabalhadores Rurais.Foi um momento onde os presente puderam de certa forma compreender a lógica dos 30 artigos que compõe a Declaração Universal dos Direitos Humanos.Em uma breve explanação a Assistente Social do Centro de Atenção Integral a Saúde do Idoso a senhora Maria Zélia afirma que "a parti do nascimento, o bebê já tem que ser dotado da cidadania, tendo assim o míimo direito a uma família". Relacionou a questão dos Direitos dos Idosos, onde a mesma já recebeu denúncias de que em S. Mateus a casos de familiares que se possam do beneficios de alguns aposentados tirando o mínimo que os mesmos recebem.Em uma explanação mais além, o Promotor de Justiça da Comarca de São Mateus Dr. Clodomir, fez uma relato com o tema "Direitos Humanos, democracia e desenvolvimento superando a desiguldade" o mesmo um breve relato sobre o histórico da Carta dos Direitos Humanos contando como foi criada a Declaração Universal dos Direitos Humanos, sendo que nos tempos mais antigos a Lei que imperava era a lei do mais forte, sendo que infelismente em pleno Séc. XXI ainda há racismos (preconceito) afirma o Promotor.
Na oportunidade Dr. Clodomir aproveitou para lançar a "Campanha de Combate a Corrupção - O que você tem a ver com a corrupção?" aqui em São Mateus tendo em vista que em outras comarcas já foi lançado esta campanha que se repercute a nivel nacional. O mesmo falou que qualquer desvio de condulta caracteriza CORRUPÇÃO, ou seja, o ser humano por si só é corrupto - diz o promotor. No final das paletras do promotor e da assistente social alguns dos presente usaram da fala para fazer interrogações e complementos foram eles: Prof. Jair que falou sobre as leis que simplesmete só ficam no papel e sobre as falhas que ocorrem em suas execuções.

Jonatas no uso da fala

Jônatas Carlos (Blog São Mateus em OFF) citando que os artigos que compõem a declaranção infelismente os cidadãos ainda não tiveram o privilegio de terem ela sendo respeitadas. Cleyton colocando a questão do não funcionamentos dos coselhos ficais municipais, Vereadora Kátia citanto alguns programas que o Poder Público dispõe em parceria com o Gov. Federal que mesmo assim se torna insulficiente para garantir o cumprimentos desses direitos e Beta citando como exemplo a Lei Maria da Penha onde diversas mulheres ainda sofrem as agressões de companheiros. No enceramento algumas camisas da campanha de combate a corrupção foram sorteadas aos presentes.

2 comentários:

C L E Y T O N disse...

foi massa e vc fez uma bela fala companhiro foi salutar suas palavras esquentou o debate

Jonatas Carlos disse...

Obrigado caro amigo Cleyton, agradeço o convite e falei apenas o que de verdade estar acontecendo a cerca da verdade Declaração Universal dos Direitos Humanos, que infelismente a 60 anos ainda existe somente no papel.