Obras Mais Asfalto

28 de outubro de 2008

MAIS UMS PREFEITO ELEITO SENDO CASSADO...

O ministro do TSE Joaquim Barbosa cassou o registro da candidatura do prefeito reeleito de Mata Roma, Lauro Pereira Albuquerque, o Grachal (PDT). Como a decisão foi monocrática, ele ainda pode recorrer ao pleno do tribunal. Caso se confirme a cassação, a mulher do deputado Paulo Neto, Carmem Neto (PSB), segunda colocada na disputa, deve ser diplomada como prefeita.Isso acontece porque Grachal não obteve 50% mais da votação. Caso isso tivesse ocorrido, seria realizada nova eleição no município. O prefeito teve exatos 49,99% dos votos contra 48,5% da socialista. Na semana passada, o pleno do TSE já havia cassado o registro do prefeito eleito de Chapadinha, Isaías Fortes (PP). Mata Roma é vizinha a Chapadinha.Segundo o advogado Márcio Endles, que ajuizou a ação contra o pedetista, Grachal resolveu participar da eleição “por sua conta e risco porque sabia que estava inelegível”. Ele teve suas contas rejeitadas pelo TCE referentes ao exercício financeiro de 1998 quando foi presidente da Câmara de Vereadores da cidade. A Corte de Contas detectou irregularidades no pagamento de diárias. Grachal não recorreu da decisão.O prefeito foi cassado pela juíza de Chapadinha, mas teve sua candidatura deferida pelo TRE. A cassação dele agora representa uma vitória política de Paulo Neto sobre o chefe da Casa Civil, Aderson Lago, padrinho do pedetista. A decisão de Joaquim Barbosa é do dia 11 mas só foi publicada hoje.
Fonte: imirante.com

Um comentário:

Jonatas Carlos disse...

A cada dia que se passa fica claro de que a justiça irá prevalecer em S. Mateus, isto e vista de que em alguns municipios já estar acontecendo dos prefeito com contas reprovadas e com problemas na justiça, estão sendo cassado, explemos bem claro é o caso de Mata Roma e Chapadinha e outros por aí a fora.

A esperança é a ultima que morre, porém sempre permanece viva na mente de quem acredita.