Mais Obras e Asfalto

17 de setembro de 2017

Flávio Dino lidera pesquisa com mais de 20 pontos à frente de Roseana Sarney, aponta pesquisa.

O governador Flávio Dino lidera a corrida para as eleições 2018 com mais de 20 pontos de vantagem sobre a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) e venceria em primeiro turno em todos os cenários. É o que mostra pesquisa realizada pelo Instituto Data Ilha, entre os dias 28 e 30 de agosto.
Se as eleições para o governo do Estado fossem hoje, Flávio Dino teria 52,47% dos votos, enquanto Roseana teria 30,51%. Brancos e nulos somam 10,74% e 6,27% não sabem ou não responderam.
Em votos válidos a diferença é ainda maior. Flávio Dino aparece com 63,23% dos votos válidos contra 36,77 de Roseana Sarney.
Diferença fixa
Na pesquisa espontânea, Flávio Dino lidera com cerca de 40% das intenções de votos e Roseana Sarney tem menos de 20%. Brancos e nulos 7,18%. Não sabem ou não responderam 28,47%.
O Instituto Data Ilha ouviu 2.104 pessoas em 37 cidades de todas as regiões do Estado. A margem de erro da pesquisa é de 3,3 pontos percentuais para mais ou para menos com intervalos de confiança de 95%.

15 de setembro de 2017

Sarney fracassa na tentativa de colocar delegado aliado no comando da PF

O ex-senador José Sarney (PMDB) fracassou na tentativa de indicar o novo diretor-geral da Polícia Federal.
O oligarca queria o delegado Fernando Segovia, um ex-aliado que comandou a superintendência da PF no Maranhão, mas perdeu a queda de braço para setores da corporação que defendiam a manutenção do atual diretor, Leandro Daiello, que permanece no cargo a pedido do atual ministro da Justiça, Torquato Jardim.
A permanência de Daiello acontece no momento em que o presidente Michel Temer e outros políticos de peso do PMDB — incluindo Sarney, denunciado no Quadrilhão — são alvos da Lava Jato e de ações da Polícia Federal.
Se esperava boicotar a PF, se blindar de investigações ou alcançar favores políticos ao colocar um cavalo de troia no seio da corporação, como aconteceu na ocasião das operações Faktor e Navalha, Sarney mais uma vez deu com os burros n’água.
E agora, José?!

12 de setembro de 2017

Mais fraco do que nunca: Senador Roberto Rocha sem partido e sem liderança no Senado

O Partido Socialista Brasileiro (PSB) acaba de anunciar a senadora Lídice da Mata (PSB/BA) como líder da sigla no Senado Federal, pondo fim ao projeto pessoal do senador Roberto Rocha de mostrar força junto à cúpula nacional. A decisão do partido, já esperada dado o discurso do presidente Carlos Siqueira no Congresso Estadual no Maranhão, mostra a importância que o autointitulado Asa de Avião tem.
A eleição de Lídice ocorreu durante reunião da bancada nesta terça-feira (12), e reuniu outros nomes expressivos, como Antonio Carlos Valadares (PSB/SE) – eleito vice-líder, João Capiberibe (PSB/AP), e Lúcia Vânia (PSB/GO).
Segundo a senadora, a decisão representa a reorganização da bancada socialista no Senado Federal, com base nas posições tomadas pelo Diretório Nacional do partido e pela Executiva Nacional, de oposição ao governo Temer, em defesa das eleições diretas já e contra a supressão dos direitos sociais do nosso povo.
O senador Antonio Carlos Valadares destacou que Lídice da Mata é uma senadora experiente e totalmente alinhada com as posições partidárias e vai dinamizar a atuação da bancada. “Tenho certeza que, sob sua liderança, nosso partido terá uma atuação destacada tanto nas Comissões, como no Plenário do Senado Federal”, afirmou.
Assim, os socialistas, finalmente, retomam os caminhos de luta e mostram que um partido com a história de luta e envergadura do PSB, fundado por Miguel Arraes, merece muito mais do que um senador que se elege “enganchado no pescoço dos outros”.

11 de setembro de 2017

Maranhão terá a 2ª maior alta do PIB neste ano em todo o Brasil

O Maranhão terá a segunda maior taxa de crescimento entre todos os estados brasileiros neste ano. Os dados são de um estudo feito pelo Santander e publicado nesta segunda-feira (11) pelo jornal Valor Econômico.
Segundo o levantamento, o PIB do Maranhão deve aumentar 3,1% em 2017, atrás apenas de Mato Grosso com 5,1%.
O desempenho maranhense contrasta com a média nacional, que é de elevação de apenas 0,5% do PIB.
Os números estão no “Mapa da recuperação econômica”, dos economistas Everton Gomes e Rodolfo Margato, do banco Santander. (http://www.valor.com.br/brasil/5113624/sete-estados-ainda-devem-encolher-este-ano-diz-estudo)
Há ainda sete estados que terão queda no PIB, segundo o estudo do Santander. É o caso do Rio de Janeiro, com redução estimada de 1,4%.
Força do campo
O crescimento do PIB maranhense em 2017 está sendo puxado principalmente pela agropecuária, que vem recebendo fortes incentivos do Governo do Maranhão. A alta do PIB do setor é estimada em 22,5% neste ano no Maranhão.
O jornal Valor Econômico desta segunda-feira também publica outro estudo sobre o desempenho econômico dos estados – e mais uma vez o Maranhão tem destaque positivo.
De acordo com levantamento da 4E Consultoria, o Maranhão foi o único estado nordestino que não apresentou recuo na Pesquisa Mensal de Serviços durante o segundo trimestre deste ano

10 de setembro de 2017

Joesley Batista e Ricardo Saud se entregam a PF

O empresário Joesley Batista, um dos donos do grupo J&F, e Ricardo Saud, foram à Superintendência da PF (Polícia Federal) em São Paulo e se entregaram à Justiça por volta das 14h deste domingo (10).

5 de setembro de 2017

Lula enfim aprendeu a lição

A passagem do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) pelo Maranhão foi encerrada nesta terça-feira (05) com um grande ato na Praça Dom Pedro II, em frente ao Palácio dos Leões. Cercado por uma multidão, o petista recebeu o título de Cidadão Maranhense.
Lula na verdade aprendeu uma lição. Na última vez que pisou no Maranhão foi háoito anos atrás, após Sarney cassar o mandato do ex-governador Jackson Lago (PDT) entregando de bandeja para sua filha Roseana.
Naquele momento, o petista rasgou suas origens de esquerda e colaborava para a perpetuação da oligarquia. O tempo passou, agora o ex-presidente voltou condenado pela Justiça e o PT traído pelo PMDB de Sarney.

4 de setembro de 2017

“Não há Estado no Brasil que hoje inaugure mais obras que o Governo do Maranhão”, afirma Dino

Em discurso última quinta-feira (31), em São Mateus, o governador Flávio Dino (PCdoB) declarou que “não há governo de Estado no Brasil que hoje inaugure mais obras que o Governo do Maranhão”. No município administrado pelo aliado Miltinho Aragão (PSB), o comunista anunciou novos investimentos na região, nos setores de agricultura, educação e saneamento.

A afirmação de Dino tem embasamento técnico. Em maio, o portal G1 divulgou ranking onde avaliou todos os governadores do país eleitos em 2014. Ele ficou em primeiro lugar ao lado de Confúcio Moura (PMDB), de Rondônia. A metodologia de análise foi realizada através do volume de promessas cumpridas. Flávio tem seguido à risca seu plano de gestão. 

Tal reconhecimento é emblemático porque mostra a mudança nos últimos três anos.

Num passado recente, o Maranhão de Sarney estampava as capas de jornalões nacionais com notícias sobre corrupção, por motins na Penitenciária de Pedrinhas ou quando ocupava o rodapé no ranking com os piores índices de desenvolvimento social ou econômico do país.

1 de setembro de 2017

Flávio Dino é recebido com festa em São Mateus


O governador Flávio Dino esteve ontem, 31, na cidade de São Mateus, em agenda oficial. No povoado São Benedito, ao lado do Prefeito Miltinho Aragão e do presidente da Assembleia Legislativa, Deputado Humberto Coutinho, inaugurou um sistema de abastecimento d'água e deu ordem de serviço para início da obra do IEMA. Ao chegar no palanque de recepção ao governador uma multidão o aguardava na sede da cidade, Praça Raimundo Gildo. O governado teve até dificuldade em subir ao  palco diante do assédio da população em querer ser fotografrada ao lado do governador, 
gerando dificuldades para o início da cerimônia.
Durante o discurso, o governador por diversas vezes foi interrompido pela multidão que lhe aplaudia a cada aceno às ações já desenvolvidas e que serão executadas na cidade como a inauguração do hospital de 50 leitos prevista para março de 2018, instalação do 23° Batalhão da Polícia Militar, Mais Asfalto na cidade a ser anunciada ainda este ano, a confirmação da liberação de emenda parlamentar e complemento do governo do Estado para a construção da ponte do Vai-Quem-Quer, da entrega de uma ambulância reivindicada pelo Deputado Humberto Coutinho, a construção de duas escolas do programa Escola Digna e de dois sistemas de abastecimento d'água para a zona rural.
Ao final do evento e ao descer do palco, o governador novamente teve dificuldade de se locomover diante da multidão que o cercava para lhe dá um abraço, tirar uma self e agradecer pelo que tem feito, as crianças atendidas pelos projetos Bombeiro Mirim e Formando Atletas, Criando Cidadãos entoavam o canto "Governador cadê você eu vim aqui só pra te ver".