18 de dezembro de 2018

Diplomada Dra. Cleide Coutinho está apta a ocupar uma cadeira na Assembleia Legislativa do MA a partir de 2019

A deputada eleita Dra. Cleide Coutinho foi diplomada nesta terça-feira, 18/12, pelo Tribunal Regional Eleitoral ficando apta a assumir uma cadeira no legislativo estadual a partir de 01/02/2019 até 31/01/2023. 

Ao receber o diploma ela beijou a aliança, que Dr Humberto Coutinho usava, dizendo ao seu amado: vou continuar seu trabalho como lhe prometi. 

Junto com Dra Cleide foram diplomados o Governador Flávio Dino, seu vice Carlos Brandão; os senadores Weverton Rocha e Eliziane Gama mais 18 deputados federais e outros 41 deputados estaduais e respectivos suplentes. 

Com a diplomação Dos eleitos, o presidente do TRE Ricardo Duailibe deu por encerrado o processo eleitoral de 2018 no Maranhão, que considerou de exemplar lisura e absolutamente democrático. 

Dra Cleide recebeu seu diploma ao lado do filho George Coutinho e foi acompanhada na solenidade pela filha Georgia, a nora Juliane, a neta Luisa; e por sobrinhos, cunhados e amigos. 

Emocionada, ela dedicou seu diploma ao seu amor de toda vida, o saudoso Dr. Humberto Coutinho, aos aliados e ao povo do Maranhão que lhe deu 65.438 votos.

Disse que estará ao lado do governador Flávio Dino para continuar trabalhando pelo Maranhão, como prometeu ao Dr. Humberto.


Secretário Atanildo Oliveira receberá medalha de maior honraria do Corpo de Bombeiros do Maranhão


Secretário Atanildo discursando durante cerimônia do Projeto Bombeiro Mirim em São Mateus-MA

O secretário de Finanças da cidade de São Mateus, Atanildo Oliveira será condecorado com a Medalha Alferes Moraes Santos, a maior honraria do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão, a medalha, será entregue pelo comandante do Corpo de Bombeiros do Maranhão, coronel Célio Roberto, o governador Flávio Dino, participará da cerimônia que será realizada no próximo dia 27 e que também marcará os 115 anos da instituição CBMMA.

Durante a cerimônia, houvará promoções de praças e oficiais, além da entrega da mais alta comenda da corporação a diversas autoridades do âmbito estadual.
A Medalha Alferes Moraes Santos foi instituída através do Decreto 18.430 de dezembro de 2001 com o objetivo de recompensar os bons serviços prestados ao Corpo de Bombeiros do Maranhão por militares do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão, das forças armadas e auxiliares, os cidadãos e instituições nacionais e estrangeiras, que se tornaram dignos pelos méritos e dedicação com que apresentaram seus serviços à corporação, ao estado e à nação.



6 de dezembro de 2018

Motorista abandonado pelo bando que atacou Bacabal recebe voz de prisão após depoimento

Após prestar depoimento à Polícia Civil nesta quinta-feira, 6, o caminhoneiro Obadias Pereira da Silva, 44, recebeu voz de prisão e está sendo encaminhado para a capital do Estado, a informação foi confirmada pelo Secretário de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela.
Ainda segundo o secretário o caminhoneiro, que é do Estado do Pernambuco, foi preso na cidade de Araguanã, a 159 km de São Luís, por suspeita de participar da quadrilha que assaltou um centro de distribuição do Banco do Brasil de Bacabal, no dia 25 de novembro.

Caminhoneiro desaparecido após assalto ao BB de Bacabal é abandonado pelos criminosos em Nova Olinda

Gilberto Lima
Sao Luis
O motorista Obadias Pereira da Silva, de 44 anos, que desapareceu após o assalto à central de distribuição do Banco do Brasil em Bacabal, teria sido encontrado na cidade de Nova Olinda, no Maranhão, segundo informação de uma filha dele. “Meu pai apareceu, ligou para minha mãe, foi libertado [pelo bando] na terça-feira (4), ta debilitado, com muita fome, não consegue andar”, disse. 

A informação também é confirmada por uma sobrinha do motorista. Segundo Vanessa Phillipe, ele teria sido deixado em uma cidade do Pará. “A palavra é GRATIDãO. Meu tio apareceu no Pará... Toda Honra e Glória para Deus... Agradeço a todos pelas orações. Mais tarde dou mas informações”, escreveu a sobrinha.
Obadias foi feito refém e obrigado a conduzir o caminhão baú utilizado durante o assalto em Bacabal, no último dia 25 de novembro. O caminhão foi achado incendiado em uma estrada vicinal, no município de São Mateus. 

Antes de desaparecer, ainda na noite do assalto, Obadias enviou um áudio aos parentes, que moram no Ibura, Zona Sul do Recife, informando sobre a ação criminosa.  “Neste momento, eu estou aqui como refém, aqui na estrada. Estão explodindo banco e eu estou na BR. Só Deus aqui. É tanto tiro e eu estou aqui como refém”.

O blog acaba de manter contato com o delegado Armando Pacheco, Superintendente de Polícia do Interior da SSP/MA, que afirma que o motorista ainda não foi localizado, mas equipes estão em deslocamento para buscá-lo. Ele estaria mesmo em Nova Olinda do Maranhão.

5 de dezembro de 2018

Após polícia obter informações sobre o paradeiro do restante do bando que atacou Bacabal-MA, cerco aumenta em mais 9 cidades da região


Com a prisão de dez criminosos integrantes da quadrilha que aterrorizou a cidade de Bacabal [e assaltou a central regional de distribuição do Banco do Brasil daquele município], ocorrida na madrugada de ontem, 4, no centro de Santa Luzia do Paruá-MA, a polícia Civil do Maranhão colheu depoimento de todos os presos e obteve novas informações sobre o paradeiro e a identificação dos demais membros do bando.
Durante entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira, 5, o secretário de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela, destacou que o trabalho investigativo é permanente para captura dos demais integrantes do grupo.
Ainda de acordo com as investigações, a quadrilha era integrada por cerca de 30 pessoas que estavam fortemente armadas.

Segundo Portela, os foragidos estão identificados e há informações do paradeiro. O cerco policial se concentra nos principais acessos de mais de nove municípios próximos a Bacabal, para evitar que os criminosos saiam do Maranhão.

Durante a operação em Santa Lucia do Paruá , foram 10 pessoas presas, incluindo o condutor do caminhão que transportava a quadrilha, três morreram em confronto com a polícia e R$ 45,6 milhões foram recuperados.

4 de dezembro de 2018

Quase 40 milhões de reais levados durante ataque a Bacabal, são recuperados pela PM durante operação em Santa Luzia do Paruá-MA


Quase 40 milhões de reais foram recuperados pela Polícia Militar (PM-MA) em ação na noite desta segunda-feira (3) em Santa Luzia do Paruá, a 164 km de São Luís. Segundo a polícia, 13 assaltantes fortemente armados foram flagrados em um caminhão com parte do dinheiro roubado do Banco do Brasil de Bacabal, no dia 25 de novembro. Após confronto, três homens morreram e outros três ficaram feridos.



A maioria dos criminosos presos, são do Estado de São Paulo. As investigações apontam que eles estariam no Maranhão para dar suporte aos outros membros da quadrilha para sair do estado com o dinheiro do assalto.

O secretário de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela, disse que houve reação por parte dos bandidos durante a ação policial. “O melhor que todos eles fizeram foi se entregar. Os três primeiros, que quiseram testar a polícia do Maranhão, receberam o atendimento adequado dentro da lei. No Maranhão, ou o bandido se entrega ou ele tomba”.



Polícia identifica os três bandidos mortos em troca de tiros em Santa Luzia do Paruá-MA

Por Gilberto Lima
São Luis-MA

Em entrevista coletiva, na manhã desta terça-feira (04), o secretário de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela, revelou a identificação dos assaltantes de bancos presos no início da madrugada desta terça-feira (04), em Santa Luzia do Paruá. 

Durante a operação exitosa, três  bandidos morreram em confronto com policiais, quatro ficaram feridos e seis foram conduzidos à Delegacia de Zé Doca, onde foram autuados em flagrante. Eles serão transferidos, ainda hoje, para São Luís.

Segundo o secretário, alguns deles estão usando documentos de identificação falsos. Os três mortos durante o confronto foram identificados como Arthur Silva Santos, natural de Paraisópolis (SP); Vadenilson Moreira, de Diadema (SP) eRenan Santos dos Prazeres.

Conheça quem são os criminosos presos pela polícia, que atacaram Bacabal-MA.

polícia já conseguiu identificar os presos e mortos na ação realizada na noite desta segunda-feira (3) em Santa Luzia do Paruá, que flagrou um caminhão com 13 assaltantes fortemente armados e parte do dinheiro roubado do Banco do Brasil de Bacabal na semana passada. Houve confronto, que resultou na morte de três homens e deixou três feridos.
Durante coletiva nesta manhã, na sede da SSP-MA, o secretário de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela disse que houve reação por parte dos bandidos durante a ação policial. “O melhor que todos eles fizeram foi se entregar. Os três primeiros, que quiseram testar a polícia do Maranhão, receberam o atendimento adequado dentro da lei. No Maranhão, ou o bandido se entrega ou ele tomba”. Disse.

Assaltantes identificados, faltam dois, desses presos e mortos na noite de ontem (03).
Os assaltantes identificados são, Alexandre Gomes de Moura (natural de São Paulo); Ricardo Santos de Souza, vulgo “Ricardinho”  – o mais violento do bando -, conhecido por ser de ação letal, (natural de São Bernardo do Campo – SP) e usa o nome falso de Pablo da Silva Gomes; Vagner Cesár de Almeida (natural de São Paulo); Geusimar Venâncio de Oliveira, vulgo “Sardinha” (natural de São Paulo); Robson César Ferreira (Natural de São Paulo); Arthur Silva Santos, (natural Paraisópolis-SP);  José Eduardo Zacarias Barboni (natural de Jabaquara-SP); George Ferreira Santos, vulgo “Capenga” (natural do Morro do Chapéu, Salvador – BA); Derli Luiz Gilioli (natural do Paraná); Valdeir Carvalho Santos, vulgo “Velho ou Coroa” (natural de São Paulo); Fábio Batista de Oliveira, vulgo “Pardal” (natural de São Paulo); Vadenilson Moreira (natural de Diadema-SP), Fábio Santana de Lima e Renan Santo dos Prazeres.