17 de abril de 2017

Acidente grave próximo à São Mateus deixa duas vítimas fatais.



Um grave acidente ocorrido por volta das 20h30 próximo ao povoado Morros em São Mateus envolvendo um veículo de passeio modelo Fiesta cor vermelha NXO 7574 e uma carreta deixou ao menos duas vítimas fatais, um gravemente ferido e um outro com ferimentos leves. No carro de passeio viajavam dois pastores e um membro da igreja de um dos pastores de acordo com as primeiras informações.
Ainda de acordo com informações preliminares, o condutor da carreta teria tentado desviar de um buraco na rodovia, invadido a contramão e colidido frontalmente com o veiculo de passeio em que estavam os evangélicos. No somente após a perícia da PRF para confirmar a principal causa deste trágico acidente.


As vitimas fatais foram identificadas como:

Israel Silvestre Sousa (Pastor);
Geraldo Lemos (Pastor.

Vítima gravemente ferida:
Jociel Costa de Almeida (condutor do veículo de passeio), este a qualquer momento será transferido para o Hospital Estadual de Peritoró.

Vítima como ferimentos leves
Luciano Amaral, natural da Bahia (motorista da carreta).

A Polícia Militar de São Mateus está no local acompanhando a retirada dos corpos e controlando o trânsito na região. A PRF já foi acionada.

No Hospital e Pronto Socorro Municipal de São Mateus para onde foram levadas as vítimas, há uma grande aglomeração de pessoas em buscas de notícias.

Familiares e membros da igreja dos pastores mortos, chegam a todo instante.

O blog se solidariza com os familiares e amigos das vítimas fatais e roga a Deus pela recuperação dos feridos.

Atualizado às 22h45min

13 de abril de 2017

Prefeito Miltinho distribui peixes à famílias carentes de São Mateus

Na manhã dessa quinta-feira, 13, o prefeito Miltinho Aragão (PSB) realizou a entrega de oito toneladas de peixes à famílias carentes de São Mateus do Maranhão, a entrega realizada com o auxilio de três caminhões e foi preciso montar uma força tarefa incluindo servidores de diversas secretarias para efetivar a entrega.

O prefeito Miltinho acompanhado de secretários municipais e assessores de governo estiveram presente em todos os pontos de entrega e pode acompanhar de perto a distribuição e sentir a alegria dos moradores ao receber o peixe.

O senhor José Francisco morador da Vila Nova comemorou  iniciativa do prefeito em doar peixes a população. "Moro a muitos anos em São Mateus e nunca vi um prefeito fazer uma ação como esta, e desde que o Miltinho assumiu a primeira vez, que ele vem fazendo esta ação", comemorou o morador.

A distribuição de peixes na semana santa em São Mateus já é tradição e foi instituída ainda no primeiro ano do primeiro mandato do prefeito Miltinho.
“Já estamos no quinto ano consecutivo com a distribuição de várias toneladas de peixes a população de nossa cidade, esse ano aumentamos a quantidade de peixe distribuído, foram oito toneladas de peixes, um recorde, principalmente quando levado em conta a crise que tem afetado o nosso país financeiramente, mas mesmo assim mantivemos o compromisso e estamos, mais uma vez, garantindo peixe na mesa de milhares de são-mateuenses na semana santa”, destacou Miltinho.













Ascom

2 de abril de 2017

PreUni e Pré-Universitário Municipal são lançados em São Mateus

Prefeito Miltinho durante discurso na aula inaugural do Pré-Universitário Municipal.

Neste sábado (1°), o prefeito Miltinho Aragão e o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Jhonatan Almada, lançaram em São Mateus a chamada pública do aulão, por meio da qual os municípios são convidados a se inscrever para receber a mega revisão gratuita. Além do aulão de revisão do Enem, foi realizada a aula inaugural do programa municipal Pré-Universitário, um dos projetos mais audaciosos da gestão de Miltinho e o único no Maranhão, cujo projeto oferece gratuitamente formação e preparação de jovens para o Enem 2017 em São Mateus, são 200 jovens atendidos. E por determinação do prefeito, os professores do Pré-Universitário Municipal, estão entre os melhores professores de cursinho pré-vestibular do Maranhão.
O secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação Jhonatan Almada explicou que São Mateus foi escolhida para o lançamento do aulão, que está no âmbito do Programa PreUni, pelo desempenho do município na edição do ano passado. “São Mateus mobilizou muito a juventude. A prefeitura criou seu programa pré-vestibular municipal e em reconhecimento a isso nós resolvemos fazer o lançamento do edital estadual do aulão no município”, disse o secretário.
O prefeito Miltinho destacou a experiência exitosa em investir na preparação dos jovens são-mateuenses para ingressarem no ensino superior. "Nunca se investiu tanto em educação em São Mateus, como vem sendo investido em nosso governo, a prova é que hoje temos alunos de escolas públicas aprovados no Enem, e em cursos de grande disputa por vagas como o de medicina da UFMA".
O evento contou com a participação  do vice-prefeito Ivo Rezende, dos secretários municipais de Juventude, Ciência, Tecnologia e Inovação, Marcelo Campelo e Altemir Miranda, de Educação Telma Vieira, de Assistência Social Cleiton Ferreira, de Governo e Articulação Política Hélio do Chico Pinto, de Finanças e Desenvolvimento Econômico Atanildo Pereira, de Saúde Cleber Lobão, da secretária adjunta da Mulher, Edejacir Fonseca, dos vereadores Jr. Lucena, Itamarcio, Irapoã e Sebastião Nina, além de dezenas de estudantes e jovens.




1 de abril de 2017

Presidente do Diretório do PSDB de São Mateus repudia encontro de jovens do PSDB em apoio a Madeira

Em relação a um determinado encontro de jovens do PSDB, ocorrido em São Luís na última sexta-feira, 31, que teria como articuladores dois presidentes de JPSDB municipais, dentre eles Maxsuell Macedo Botelho, identificado como presidente da JPSDB de São Mateus, a executiva do diretório do Partido da Social Democracia Brasileira – PSDB, da cidade de São Mateus, sente-se na obrigação de esclarecer a seus filiados e à população em geral, que:
- o jovem Maxsuell Macedo Botelho não ocupa nenhum cargo na executiva municipal do PSDB em nossa cidade.
- Maxsuell, para o diretório municipal do partido, não possui legitimidade alguma para falar em nome dos jovens filiados do PSDB de São Mateus, já que não representa a sigla JPSDB, sendo portanto, inverdade a divulgação que foi feita pela imprensa de que ele seria o presidente da JPSDB de São Mateus. 
- Maxsuell nem mesmo reside na cidade de São Mateus, não possui militância e não representa o pensamento da JPSDB local. 
Assim, a executiva municipal do partido, muito embora respeite a autonomia da sigla JPSDB e a diversidade de opiniões, natural em qualquer processo democrático, considera que a posição por ele tomada foi de caráter pessoal e isolada, não representando o pensamento da JPSDB sãomateusense.

CÍCERO DE FRANÇA MENDES 
PRESIDENTE 
PSDB/SÃO MATEUS

31 de março de 2017

Prefeitura de São Mateus realiza pagamento dos servidores efetivos

Servidores efetivos da prefeitura de São Mateus do Maranhão já com os salários do mês de março nas contas!

Desde as primeiras horas da manhã desta sexta-feira, 31, os salários dos servidores efetivos da prefeitura de São Mateus estão disponíveis para saques. Enquanto muitos municípios enfrentam sérias dificuldade financeiras e não conseguem pagar salários dos seus servidores em dia. O prefeito Miltinho vem provando que com uma gestão responsável e eficiente é possível pagar em dia mesmo em tempos de crise.

Ascom

24 de março de 2017

Ao TSE, delator cita Lobão e PMDB em esquema de propina de Belo Monte

Ex-presidente da Odebrecht Infraestrutura, Benedicto Júnior, conhecido como BJ, disse à Justiça Eleitoral que o PMDB recebeu recursos pelas obras da usina de Belo Monte, no Pará. O ex-executivo afirmou que se recorda de ter sido o senador Edison Lobão (PMDB-MA) a pessoa para quem os valores vinculados à obra deveriam ser destinados. Ele cita também um “deputado ou ex-deputado” do Pará.
BJ prestou depoimento no dia 2 de março, ao ministro Herman Benjamin (TSE), relator do processo de cassação da chapa Dilma Rousseff-Michel Temer, em 2014. A reportagem teve acesso à integra do depoimento.
O executivo relatou que o partido de Temer foi o único a receber do esquema de Belo Monte por causa de um veto ao PT feito, segundo ele, por Marcelo Odebrecht, ex-presidente e herdeiro do grupo.
“Quando recebi o projeto, foi-me informado que havia alguns compromissos assumidos lá na partida. E esses compromissos estavam destinados a dois partidos, sendo que um dos partidos… havia uma orientação de Marcelo de que não deveríamos fazer as contribuições – era o PT. E o PMDB tinha as pessoas que tratavam lá com os executivos anteriores a mim. O que conheço do assunto é isso. Não houve nada ao PT especificamente feito por Belo Monte por orientação do próprio Marcelo”, declarou.
O relator então perguntou: “Mas em relação ao PMDB houve”?. “Houve e está no relato das pessoas”, respondeu BJ.
Questionado sobre os nomes envolvidos no recebimento do dinheiro, ele respondeu: “Se não me engano, foi combinado através do doutor Edison Lobão e teve um outro, um deputado ou um ex-deputado que posteriormente ao doutor Edison Lobão foi quem recebeu em nome do PMDB – um deputado do Pará. Essas foram as duas pessoas cujos nomes eu ouvir, doutor”.
Lobão hoje é presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, que articula acelerar a votação de um projeto de abuso de autoridade.
“Eu afirmei – tenho quase certeza – que não foi pago nada pro PT por Belo Monte. O PMDB era uma conta específica da obra, uma despesa que foi combinada e debitada a obra”, disse Benedicto Júnior.
A Polícia Federal, em setembro do ano passado, já apontava indícios de que o PMDB e quatro senadores do partido receberam propina das empresas que construíram a usina de Belo Monte, no Pará, por meio de doações legais, segundo relatório que integra inquérito no Supremo Tribunal Federal.
O relatório da PF junta essa versão com informações de outro delator, o ex-senador Delcídio do Amaral, de que senadores peemedebistas comandavam esquemas de desvios de empresas do setor elétrico: Renan Calheiros (AL), presidente do Senado, Jader Barbalho (PA), Romero Jucá (RR) e Valdir Raupp (RO).
O ministro Herman Benjamin perguntou a Benedicto Júnior se algum pagamento de Belo Monte foi realizado naquele ano.
“Eu acho que houve pagamentos em 2014 para o PMDB, mas não tenho certeza porque não li o relato. Eu tenho quase certeza de que foi feito. Por isso acho que há um ex-deputado que foi a pessoa que procurou o meu executivo, levado por um executivo da Andrade Gutierrez”, disse.
Questionado se lembrava se a campanha era estadual ou presidencial, BJ disse que não lembrava.
“Nós nunca fizemos um pagamento em cima do percentual [do valor das obras]”, disse o ex-executivo. Segundo depoimento do ex-executivo da Odebrecht, os valores seriam pagos pelo departamento de Operações Estruturadas, área de pagamentos de propina do grupo.
A construção de Belo Monte foi feita por um consórcio. Os participantes são: Andrade Gutierrez (18%), Odebrecht (16%), Camargo Corrêa (16%), Queiroz Galvão (11,5%), OAS (11,5%), Contern (10%), Galvão (10%), Serveng (3%), J. Malucelli (2%) e Cetenco (2%).
OUTRO LADO
O advogado de Lobão, Antonio Carlos de Almeida Castro, refuta as acusações do delator.
“Tenho denunciado os vazamentos criminosos e dirigidos. Eles têm que ser investigados, a defesa não conhece o teor das delações logo não pode saber o contexto do que foi dito. No caso concreto dar valor a ‘ouvir dizer’ e a ‘salvo engano’ é desmoralizar o instituto da delação. Por sinal o MP tem se esmerado em desacreditar as delações”, disse.

“A fragilidade das delações é de tal monta que o recall virou a regra. Ou seja o delator pode mentir, omitir, proteger e se for pego terá a chance, ate, de mentir de novo”, afirmou.

O governador Flavio Dino visitará Santa Filomena nesta segunda-feira, 27.


O prefeito Idan Torres e o vice-prefeito Dr. Michel convidam toda a população de Santa Filomena do Maranhão e de toda a região central do Maranhão, para nesta segunda segunda-feira, 27, recepcionar o Governador do Estado Flávio Dino, o Vice-Governador Carlos Brandão, diversos secretários de Estado e vários deputados Estaduais e Federais, na oportunidade serão inauguradas diversas obras no município.

Programação:

8h - Concentração em frente a casa do prefeito Idan, na praça Avertano Gomes, para em seguida, saída para o assentamento Grota da Lage.

9h - visita às casas populares, projeto quintal produtivo e Escola Digna e inauguração da escola municipal Tonielton da Silva Barbosa no Assentamento Grota da Lage.

9h30min - Inauguração da escola municipal Petrolina de Oliveira Bandeira no Assentamento  Bié.

10h - Inauguração da escola municipal Orácio Eliotério Eduardo.
Sessão solene da Câmara de Vereadores de Santa Filomena para entrega Do Título de Cidadão ao Governador Flávio Dino e demais autoridades.
Local: Bairro Nazaré

23 de março de 2017

Incoerência: Eduardo Braide é a favor e contra o reajuste do salário dos professores

Marrpá - Após reajuste de 8%, os professores estaduais do Maranhão passaram a receber o maior salário do Brasil pago para a categoria. A Medida Provisória 230/2017, que concedeu o reajuste, foi aprovada por ampla maioria na Assembleia Legislativa do Maranhão. Ironicamente, o deputado estadual Eduardo Braide (PMN), que votou a favor do reajuste, vem promovendo de forma isolada seguidos debates contra o benefício, mesmo após o tema já ter sido votado.
Braide tenta sustentar a tese de que os professores são contrários ao aumento salarial. O deputado e blogs vinculados ao grupo Sarney alegam que o reajuste não deveria incidir sobre a Gratificação por Atividade de Magistério (GAM), como ficou definido após a votação, mas no vencimento dos profissionais.
No entanto, tanto blogueiros quanto o parlamentar não mencionam que a GAM é parte integrante do salário, e que recai na aposentadoria de todo professor.
O reajuste foi debatido com a categoria e aprovado por 12 das 18 assembleias regionais e pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma), que emitiu nota esclarecendo que a Medida Provisória editada pelo Governo do Estado, reajustou os vencimentos dos professores da rede estadual de educação, e não retirou direitos dos educadores.
Braide segue praticamente sozinho tentando disseminar o falso cenário onde a categoria é contra o benefício, apesar da ampla adesão dos professores e do legislativo ao reajuste.